Quarta-feira, 23 de Maio de 2012
Lado B

Os vencedores improváveis

 

 

Este fim-de-semana futebolístico ficou marcado por quatro vencedores improváveis em quatro competições diferentes. Refiro-me ao Chelsea, à Académica, ao Nápoles e ao Montpellier.

No passado sábado, ficámos a saber que o Chelsea é o novo campeão europeu de futebol. Quem diria, no início da época, que o Chelsea ia ganhar a Liga dos Campeões? Provavelmente ninguém, e eu próprio confesso que no início da época estava à espera que tivesse sido o Barcelona ou o Real Madrid a erguer o troféu de campeão europeu. Este foi um momento inédito para a equipa de Londres, visto que foi a primeira vez em toda a sua história que o Chelsea foi campeão europeu. Este título tem também a particularidade de ter sido conquistado por um clube que foi orientado por dois treinadores diferentes durante a época: André Villas-Boas e Roberto di Matteo.

No domingo, foi a vez de a Académica provocar a segunda surpresa do fim-de-semana, ao conquistar, pela segunda vez em toda a sua história, a Taça de Portugal. Com a conquista deste troféu, a Académica assegurou também a entrada direta na fase de grupos da Liga Europa. Mais uma vez pergunto: no início da época, quem apostaria na vitória da Académica na Taça de Portugal? Aqui, penso que a opinião da maior parte dos adeptos de futebol apontava para uma vitória do FC Porto, do Benfica ou do Sporting na segunda prova mais importante do futebol português.

Em Itália, o Nápoles também protagonizou uma surpresa ao derrotar a Juventus na final da Taça Italiana. Com esta vitória, a equipa napolitana quebrou a invencibilidade da equipa orientada por Antonio Conte, impossibilitando que a Juventus terminasse a sua época desportiva sem qualquer derrota.

Já em França, o Montpellier foi o protagonista de uma das grandes surpresas do futebol europeu nesta temporada, ao vencer pela primeira vez em toda a sua história a Liga Francesa de futebol. No início da temporada, sempre pensei que o título ia ser discutido entre Lyon, Lille, Marselha e Paris SG mas pelos vistos enganei-me. O Paris SG, apesar do grande investimento que fez na sua equipa, não conseguiu conquistar o campeonato, enquanto o Marselha teve de se contentar com um modesto 10º lugar, tendo em conta as suas aspirações.

Concluindo, este fim-de-semana ficou marcado por quatro vencedores improváveis em quatro provas diferentes: Liga dos Campeões, Taça de Portugal, Taça Italiana e Liga Francesa.



publicado por Bruno Carvalho às 22:40
link do post | comentar

Quarta-feira, 14 de Março de 2012
Lado B

Dois exemplos de profissionalismo

 

Este fim-de-semana ficou marcado por dois grandes exemplos de profissionalismo: Pedro Emanuel e Melgarejo.

 

No sábado, Pedro Emanuel mostrou que é um grande profissional ao impor um empate (1-1) frente ao clube do seu coração (o FC Porto). Na minha opinião, Pedro Emanuel consegue separar a profissão dos sentimentos ao contrário de outros, como Domingos Paciência, que no Sporting não conseguiu fazer essa separação entre “portismo” e profissionalismo. Confesso que sou um grande fã de Pedro Emanuel enquanto treinador, pelo facto de conseguir desempenhar o seu trabalho com qualidade e sem qualquer tipo de constrangimentos de ordem pessoal, mas também pelos resultados positivos que tem obtido esta época, nomeadamente a qualificação para a final da Taça de Portugal e os empates com FC Porto, Benfica e Sporting para o campeonato nacional.

 

No domingo, foi a vez de Lorenzo Melgarejo, avançado do Benfica emprestado ao Paços de Ferreira, mostrar que é um verdadeiro profissional ao dar tudo em campo, tendo inclusivamente atirado uma bola ao poste da baliza do Benfica. Neste caso, Melgarejo consegue separar o clube que representa (Paços de Ferreira) do clube a que está vinculado contratualmente (Benfica). Também ao contrário de outros, como Urreta (jogador emprestado ao Vitória de Guimarães), que se recusou a defrontar o Benfica, Melgarejo mostra que em primeiro lugar está o clube com o qual trabalha todos os dias, neste caso, o Paços de Ferreira.

 

Concluindo, Pedro Emanuel deve ser visto como um exemplo para os restantes treinadores que nutrem um sentimento especial por um clube, mas que têm que o defrontar por estar numa equipa adversária.

E Melgarejo deve ser visto como um exemplo para todos os jogadores que estão emprestados a outros clubes, mas que têm de defrontar a sua entidade patronal.    



publicado por Bruno Carvalho às 10:48
link do post | comentar

Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2011
Hoje há festa da Taça

Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2011

Lado B

Hoje há festa da Taça

 


 

 

Arranca hoje mais uma ronda da Taça de Portugal, edição 2011/2012, com o jogo entre Académica e Desportivo das Aves, no Estádio Cidade de Coimbra às 19:00, com transmissão televisiva na SportTV.

A Académica chega a este encontro dos quartos-de-final da Taça, tendo deixado pelo caminho nas eliminatórias anteriores o Oriental (1-0), o FC Porto (3-0) e o Leixões (5-2, após prolongamento). Já o Desportivo das Aves chega a este fase, tendo já eliminado o Estrela de Vendas Novas (2-0), o Infesta (4-0), o Vitória de Guimarães da Liga principal de futebol (3-2, após grandes penalidades) e o Ribeira Brava (2-1, após prolongamento).

Prevê-se um jogo intenso e muito bem disputado entre duas equipas que atravessam um bom momento de forma. A Académica vem de um empate valioso com o sempre candidato ao título Sporting Clube de Portugal, enquanto o Desportivo das Aves vem de uma vitória moralizadora por 3-1 frente ao até líder da Liga de Honra, Atlético Clube de Portugal.

Na minha opinião quem poderá resolver esta partida em favor da Académica serão os jogadores Adrien Silva e Éder, que estão num momento de forma espectacular. Já do lado do Desportivo das Aves, penso que Pires e Pedro Pereira (dois jogadores formados no Sporting de Braga) estão em condições de poder resolver esta partida.

No entanto, volto a reforçar que deverá ser um jogo muito equilibrado em que a decisão final poderá ficar resolvida apenas no prolongamento ou até nas grandes penalidades.

Em caso de apuramento do Desportivo das Aves será a primeira vez que esta equipa do Norte de Portugal atinge as meias-finais da Taça de Portugal, sendo que esta é apenas a segunda presença nos quartos-de-final.

Para além deste encontro entre Académica de Coimbra e Desportivo das Aves, os quartos-de-final da Taça de Portugal continuam na quinta-feira com os jogos entre Oliveirense e Olhanense e entre Sporting e Marítimo, completando-se na sexta-feira com o desafio entre Moreirense e Nacional da Madeira.

Assistam a mais um grande jogo do futebol português que, apesar de não ter como interveniente um dos três grandes do nosso futebol será com certeza um encontro muito bem jogado. Divirtam-se!

 

por Bruno Carvalho

 



publicado por Bruno Carvalho às 13:18
link do post | comentar | ver comentários (1)


pesquisar neste blog
 
Equipa Minuto Zero'
Links
Também Tu Podes Participar!

Participa na Equipa Minuto Zero'

subscrever feeds
Arquivo

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010