Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minuto Zero

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

Minuto Zero

03
Abr11

Porque ao Sábado se Destaca... (especial Benfica x Porto)

Minuto Zero

Benfica vs FC Porto ou Benfica e FC Porto

 

Este domingo disputa-se o clássico mais importante da Liga. O jogo que pode levar os comandados de Vilas Boas ao retorno do trono nacional precisamente na casa do adversário que os impediu na época transacta da conquista do inédito bi-pentacampeonato.

Um jogo, um título, o simbolismo do concretizar dum objectivo. Um jogo, uma derrota o afastamento matemático ao título. Assim caminham FC Porto e Benfica em lados paralelamente opostos neste clássico. Mas mais que uma vitória, mais que um título o Benfica –Porto é muito mais que um jogo de futebol.

O Benfica- Porto é o reflexo da nossa cultura enquanto ser português. O Benfica-Porto é um duelo titânico de regiões: O Norte contra o Sul. Nesta encruzilhada de caminhos os dirigentes escolhem o ódio e a vingança como apanágio da sua ideologia neste jogo. Formatos pela abundância de informação que temos hoje em dia e pela experiência mediatizada milhares de pessoas envolvem-se nessa luta- Norte vs Sul. Esquecendo toda a unicidade nacional dividindo o país em dois. Na verdade esta luta cultural não é mais do que o reflexo da heterogeneidade nacional. Quanto pequenos somos mas quanto diferentes somos…

Num ódio que vai muito para além do futebol, num ódio em que para certas pessoas o País acaba em Leiria e do outro lado estão os criminosos, os corruptos… quer para Norte, quer para Sul… Uma generalização precipitada alimentada por ataques e contra-ataques onde ninguém tem razão… onde aumenta a fúria, onde os dirigentes aguçam a raiva… e o clima explode… explode até um dia alguém morrer. Talvez até seja pouco, será necessário morrer dezenas de pessoas para acabarmos com esta guerra civil disfarçada.


Mas pergunto será a nossa heterogeneidade um motivo para o conflito? Não me parece… Devíamos ter orgulho da nossa heterogeneidade. Deveríamos apelar à unicidade nacional. Portugal é um país único tanto na cultura… como no futebol. As praias do Algarve, as muralhas de Évora… a Lezíria do Ribatejo, a paisagem do Douro, o património de Guimarães, a força estudantil de Coimbra, a peculiaridade dos Açores.

No desporto a história do Benfica, o ecletismo do Sporting, o exacerbamento do Porto, a metamorfose do Braga, os adeptos do Guimarães, o Nevoeiro da Choupana, os 310 espectadores da Naval. Em mais nenhum lugar do Mundo temos um país tão diferente, um país com tanta diversificação, com tanto para entropizar e mostrar o nosso produto Nacional. Um produto único, um produto construído em todas as regiões, um produto rico, com tanto para dar e oferecer… Com tanto para valorizar, erguem-se as vozes e recupera-se o nosso orgulho nacional, a nossa singularidade que nos torna únicos em qualquer parte do Mundo. É este o nosso país que temos que valorizar tanto na cultura como no futebol. Na maquinação do Futebol do Porto, na espectacularidade do futebol do Benfica…no apoio à cultura no Porto… na oferta turística de Lisboa. Somos tão bons, tão melhores se tivermos juntos se tivermos unidos em torno de um só objectivo. Difundir e orgulhar o nosso país nos quatro cantos do Mundo, com a mesma audácia, com o mesmo crer, com a mesma glória navegando por mares… marcando golos e levando multidões ao rubro. Porque juntos somos mais felizes.

 

by João Perfeito

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.