Sábado, 26 de Março de 2011
O actual Sporting
Seja qual for o resultado das eleições, seja quem for o novo presidente do Sporting Clube de Portugal, está visto que algo tem de mudar.

Todos os candidatos falam na formação como uma arma preponderante para o Sporting dos próximos anos, diga-mos no entanto que uns com mais propriedade do que outros.
É incrível ouvir homens que conhecem o futebol e trabalham nele há anos dizer que já na próxima temporada o plantel principal contará com 5 a 6 jogadores juniores... ao ouvir isto penso logo, mas quais?? Sinceramente dos jogos que vi do Sporting sub-19 vejo apenas um jogador com clara capacidade para ser sénior, mas mesmo este não deverá fazer parte do plantel principal na próxima época. Falo de Ricardo Esgaio, jovem lateral-direito, mas que é mais do que isso... é ala e por vezes (sobretudo na selecção) até extremo. Têm uma resistência fora do normal e capacidade técnica acima da média, para além de condição natural para a posição de lateral fora de série é verdade. Precisa de crescer no futebol sénior.

Por falar em laterais, Cédric Soares vive na sombra de Abel (em fim de contrato) e do inquestionável João Pereira na equipa principal. Precisa de oportunidades e sobretudo de sentir que é parte integrante da equipa. Tem boa capacidade física e é bastante forte a atacar. Também ele precisa de minutos como sénior.

São ambos boas perspectivas para o futuro, curiosamente até para a mesma posição.
Curiosamente também, parece ser o lado direito da defesa a posição na qual a linha recuada do Sporting parece ter um grupo mais competente de jogadores. Na esquerda, as prestações de Evaldo têm sido aquém das expectativas, depois de várias grandes épocas em Braga. Grimi, deixou à muito de ser uma promessa, mostra-se um jogador demasiado frágil para ser opção válida, sendo que a sua venda (tem mercado na América do sul e Itália) deverá ser uma boa opção.

Ao centro os principais problemas. Carriço teve uma época complicada. É sem dúvida o melhor central dos leões mas precisa ainda de crescer, e para isso vai precisar de um central de grande qualidade ao seu lado. Polga perdeu a velocidade de outros tempos, Torseglieri é uma boa ... 2ª escolha, enquanto Nuno André Coelho parece não agradar aos dirigentes sportinguistas apesar do seu reconhecido valor. Falta um grande central, para além de definir qual o papel de Nuno André no plantel.

No meio-campo, o duplo-pivot tem sido composto por Pedro Mendes e André Santos. Se o primeiro estará perto do final da carreira, o segundo tem estado a um bom nível depois de uma extraordinária época em Leiria. É jogador para o futuro do Sporting e quem sabe da selecção nacional. Maniche parece um jogador triste, de mal com o jogo, dúvido que fique no Sporting até porque se sabe que não têm uma personalidade fácil. Zapater é claramente um bom jogador, e pode ser melhor aproveitado do que foi este ano. Caso não agrade ao futuro treinador é jogador com boas perspectivas de mercado.

Para as alas, Vuk e Izmailov devem ter rota de marcha. São sem dúvida dois dos mais talentosos jogadores do nosso campeonato, mas tendo mercado, e sobretudo tendo o histórico de problemas com a direcção devem mesmo para bem das suas carreiras seguir rumo ao leste europeu. Cristiano foi opção de Paulo Sérgio, é bom jogador sem dúvida, mas o seu curto contrato indica que não deve ficar por muito tempo.
A aposta parece recair sobre Diogo Salomão, uma pérola de 22 anos, que precisa urgentemente de minutos nas pernas para poder chegar ao grande nível que todos dele esperam.

Sobram os chilenos:  o "10" Matias Fernandez, um jogador talentoso mas com sérias dificuldades em ser regular. Veremos o que o futuro lhe reserva; e ainda Valdés, claramente um dos valores em quem os leões devem apostar, até mesmo para o seu tão falado 4x3x3...

No ataque mais problemas. Saleiro é claramente jogador banal, longe do nível que se espera. Djálo vem caindo cada vez mais para uma das faixas, mostrando no entanto que está longe do nível que o seu talento merecia, muito pelo que se percebe por culpa própria. Hélder Postiga foi figura de destaque esta temporada e por isso deve ter garantida a manutenção no plantel.

Para terminar esta análise, na baliza Patrício vem marcando o seu espaço como o mais promissor guarda-redes português, apesar desta posição não ser unânime. Hildebrand ganha demasiado para o tempo que joga... Tiago é apenas o eterno 3.

By Tiago Luís Santos


publicado por Minuto Zero às 16:56
link do post | comentar

1 a zero:
De joaoperfeito a 26 de Março de 2011 às 17:42
Falaste em bons jogadores mas em jogadores para o Sporting o único com capacidade é o João Pereira. O Resto tem de ser tudo recambiado para suplente. Os suplentes todos mandados embora. Torsiglieri, Nuno André Coelho e Polga seriam no Benfica ou Porto 6ª ou 7ª escolha (a contar centrais emprestados). Evaldo agora não tinah lugar no Braga. André Santos não é mais que um Airton. Salomão claramente tem de ser emprestado, se nem o Ukra é titular indiscutível no Braga Salomão tem lugar no Sporting. Comparar Postiga com Cardozo ou Falcão é cómico. Valdés com Gaitán ou Varela igualmente. O plantel é fraquíssimo. Se o Benfica e o Porto conseguirem alcançar o patamar para o qual estão a caminhar (fechamento top-10 europeu) o Sporting tem muito que pedalar para lhes fazer frente. E de todos os mais de 20 jogadores apenas João Pereira pode figurar na equipa principal.


Comentar post

pesquisar neste blog
 
Equipa Minuto Zero'
Links
Também Tu Podes Participar!

Participa na Equipa Minuto Zero'

subscrever feeds
Arquivo

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010