Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minuto Zero

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

Minuto Zero

15
Mar11

Em Frente

Minuto Zero
Conto do Vigário                

                Já se tornou regular escrever sobre as eleições leoninas, mas também não se preocupem que a partir de dia 26 deixo este meu vício. Quer dizer, deixo se o Godinho Lopes não ganhar. E, infelizmente, entre injúrias, actos de difamação, influências nos media, o mais provável é mesmo isso acontecer e, mais uma vez, os Sportinguistas darem um tiro nos seus pés (esperemos que não seja na cabeça).
                O Sporting está mal, blá, blá, blá… Sim, já sabemos. Culpa? Também já sabemos que um tal de Projecto Roquette, que iria tornar o clube grandioso, está na origem dos nossos males. Isso e o trabalho de uns brilhantes gestores, que em perfeita sintonia têm alcançado o sucesso na decadência leonina. Vitória atrás de vitória, mentira atrás de mentira, a verdade é que os Sportinguistas não têm tido a coragem de os expulsar (o medo do “nós ou o abismo” tem sido maior). No entanto, enquanto anteriormente era fácil para este grupo alcançar vitórias folgadas, desta feita a coisa começa a apertar e só através de golpes de baixo nível é que irão eventualmente conseguir os seus objectivos, continuando a rugir para dentro e miando para fora, provocando uma ainda maior divisão entre os associados do clube.
                Dizia um dos seus membros, candidato a maior cambalhota do ano (de candidato da ruptura passar a vice-presidente da continuidade, no curto espaço de dois anos é magnifico) Paulo Pereira Cristóvão, para os Sportinguistas não caírem no Conto do Vigário e nesse capítulo, dou-lhe toda a razão. E por isso mesmo, é que um voto neste senhor e na sua lista não devia ser uma realidade. Mas também, tendo a este senhor sido prometido ficar a cargo da sua empresa a segurança no estádio e na academia (belo tacho), eu também tentaria a todo o custo conseguir os mais de 10% que alcançou nas últimas eleições.
Fonte: blog SportingPorNós
                E pensar que este senhor pregava por uma auditoria externa às contas do Sporting. Compreendo que agora nem disso fala, estaria a ir contra os seus novos amigos. Estaria a ir contra Filipe Nobre Guedes, administrador da Sporting, SAD para a área financeira, que pelos vistos terá acordado tarde para o Sportinguismo (o seu número de sócio assim o dá a entender). Mas isso também Carlos Barbosa, presidente da ACP, que só agora se terá lembrado de tomar parte activa no clube, mas nunca contra os seus amigos (que anteriormente criticava). Mas atenção, esta lista apresenta Rogério Alves, o maior no que toca a falar em frente as câmaras, a demonstrar fervor, a demonstrar que quer sempre o melhor do clube. Quer dizer, só se não perder o seu tacho, que no final de contas é isso que interessa. No entanto, o mais engraçado é que estamos perante uma personagem que tanto já se ouviu criticar os eternos rivais e agora nada disse quando o “seu” chefe, Godinho Lopes, ofendeu um outro candidato a presidente comparando-o com Vale e Azevedo. Mas também, só este senhor poderia fazer tamanha declaração, ou não fosse ele uma pessoa que compreende o que é estar envolvido em casos de corrupção (foi absolvido no caso dos Barcos da Expo por falta de provas). Mas pronto, o que interessa igualmente é que este senhor continua a ter consigo a força dos bancos, de tal forma que até estão presentes na sua lista alguns membros destes. Sem dúvida, grandes Sportinguistas, pessoas que apenas querem o melhor para o clube e que, de forma alguma estão ali para salvaguardar os interesses das suas empresas.
                Mas não esqueci. Ainda temos a dupla que nos fez campeões (jogadores e treinador pouca ou nenhuma importância nesse capítulo tiveram, aliás pelas palavras de Godinho Lopes, até ele com a pasta do Património teve um maior relevo, tão grande que faz sempre questão de o lembrar sempre que possível, omitindo o seu cargo na altura, que curiosamente até era o responsável pela construção do estádio, aquele que não daria dívidas ao clube). Temos então Luís Duque, mito leonino, responsável por trazer os reforços de Inverno que ajudaram a tornar o clube campeão em 1999/2000 (a ele o seu mérito nesse ponto), mas igualmente responsável por trazer um bando de jogadores acabados para o futebol no ano seguinte (as comissões deviam ser boas). De Carlos Freitas nem é preciso falar muito, é só necessário verificar os belíssimos jogadores que foi trazendo ao longo da sua estadia em Alvalade e o lucro que gerou, mas infelizmente a alguns a memória vai falhando.
                Portanto, só sucesso, nada de interesses, o Conto dos Vigaristas… Peço desculpa, do Vigário segue para batalha e o outro é que é difamado por isto ou aquilo. Seria fácil, responder, contra-atacar estes senhores, mas Bruno de Carvalho tem seguido a máxima que “vozes de burro não chegam ao céu”, refugiando-se em fazer o melhor possível para ter um projecto real, longe de eventuais demagogias. Acredito nele e terá o meu voto. Espero, não me vir a desapontar um dia mais tarde com uma cambalhota à Paulo Pereira Cristóvão, mas também é um risco que estou disposto a cumprir. Nem todos entram no clube à procura de um tacho, alguns ainda entram por amor ao clube. Creio ser o caso.

Saudações Leoninas,

by Jorge Sousa

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.