Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minuto Zero

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

Minuto Zero

06
Jan11

Steve Field

Minuto Zero
Portugal

Aproveitando a última crónica do João, decidi avançar com um tema que já tinha pensado há algum tempo, os resultados desportivos do nosso país.
Vivo num país que vive mergulhado numa profunda crise socioeconómica que, apesar de ser comum na restante Europa, assume particular relevo no nosso país.
Além disso, vivo num país com elevados níveis de pessimismo. Para os portugueses, somos os piores em tudo, os outros são sempre melhores seja onde for.
Com toda a situação do país, aliada à fraca capacidade organizativa, os recursos disponíveis para os nossos atletas, como foi frisado pelo João, são escassos, sobretudo quando comparados com outros países, nomeadamente com os nossos vizinhos espanhóis.
No entanto, apesar de todas as premissas negativas que referi, as conclusões, para a maioria surpreendentes, são muito boas para as condições disponíveis. Vivo num país com o melhor treinador do mundo. Vivo num país onde três jogadores já foram considerados melhores do mundo. Vivo num país com treinadores com capacidades técnico-tácticas bastante evoluídas, muitos deles conquistando o mundo. Vivo num país onde a selecção nacional nos últimos anos foi vice-campeã europeia e conquistou um quarto lugar no mundial. Vivo num país com o melhor atleta de triplo salto do mundo, com a melhor atleta de salto em comprimento, um dos melhores velocistas, grandes nadadores, o melhor atleta de vela, o melhor piloto de ralis, os dois melhores atletas de judo nas suas categorias, um prodígio no motociclismo. Vivo num país que é uma grande potência em futsal, futebol praia e hóquei em patins, com um campeão europeu de futsal e onde uma selecção amadora de râguebi alcança o lugar num mundial. Vivo num país com algumas medalhas olímpicas.
Enfim, vivo num país com apenas cerca de 10 milhões de habitantes que conquista o mundo com as suas proezas, contra todas as adversidades. Será que somos assim tão pequenos como nos fazemos crer?

Nota: Peço desculpa por algum desportista ou algum desporto que ficou esquecido, tentei focar os mais fulcrais


by Steve Field

5 comentários

Comentar post