Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minuto Zero

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

Minuto Zero

22
Mar11

Buzzer-Beater

Minuto Zero

Equilíbrio geográfico


            Quando tive a ideia deste tema pensei que iria ter muito mais para escrever. Resulta que afinal não tenho assim tanto, mas fica a ideia: há 30 equipas na NBA. Há 50 estados nos Estados Unidos. Há 21 Estados com equipas da NBA. Aqui está a minha questão: justifica-se uma distribuição tão desigual das equipas?
            Vamos por partes. Temos a conferência de Este e de Oeste. 15 equipas para cada lado. Do lado mais atlântico estão Boston Celtics (Massachussets), New York Knicks (New Jersey), Philadelphia 76ers (Pensylvania), Toronto Raptors (Canadá), Detroit Pistons (Michigan), Milkaukee Bucks (Wisconsin), Chicago Bulls (Illinois), Indiana Pacers (Indiana), Cleveland Cavaliers (Ohio), Washington Wizards (District of Columbia), Charlotte Bobcats (North Carolina), Atlanta Hawks (Georgia), Orlando Magic (Florida) e Miami Heat (Florida). Deste lado não há grandes problemas, apenas 2 equipas num mesmo Estado (Florida). Mas a nível de cidades é diferente. Newark (New Jersey) é apenas a 68º cidade mais populosa dos USA, enquanto Cleveland não é a maior do Ohio (Columbus é a 16º mais populosa). Por exemplo Maryland, que sendo um estado pequeno tem porém a populosa Baltimore.
fonte: targetmap.com
            E do lado do Pacífico? Minnessota Timberwolves (Minnessota), Memphis Grizzlies (Tenessee), New Orleans Hornets (Louisiana), Oklahoma City Thunder (Oklahoma), Dallas Mavericks, San Antonio Spurs e Houston Rockets (todos no Texas), Denver Nuggets (Colorado), Utah Jazz (Utah), Phoenix Suns (Arizona), Portland Trailblazers (Oregon) e Sacramento Kings, Golden State Warriors, Los Angeles Clippers e Los Angeles Lakers (todos na California). Aqui as distribuições são muito diferentes. Se a California tem 4 equipas, porque não o Texas? Talvez se reduzisse uma (Golden State em Oakland?) e se passasse para Nova Iorque (que irá ter os Nets em Brooklin nos próximos anos). E claro, no Oregon, a terra da gigante Nike teria que ter uma equipa. Mas e então cidades como Las Vegas? Já foram palco de um All-Star, seria altura de se pensar numa equipa. E os velhinhos Seattle Supersonics (actualmente Oklahoma City Thunder) eram também uma cidade no norte que equilibrava um pouco as coisas.
            E para quem tiver um mapa mental dos Estados Unidos (ou o Google à mão), note-se a discrepância em relação à quantidade de Estados a norte, do lado Oeste, sem equipa comparado com aqueles a sul. Sim, são menos populosos, mas a nível de distribuição geográfica seria algo a pensar. Minneapolis também tem menos de 400000 pessoas mas tem direito a uma equipa.
            Portanto, muito em que pensar. Talvez seja uma ideia ridícula, mas há certos lapsos geográficos que afectam ainda muita gente, mesmo com uma densidade demográfica reduzida nalguns locais do norte. E essa gente coitada não tem direito ao maior espectáculo de basquetebol do mundo. Uma pena.


by Óscar Morgado

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.