Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minuto Zero

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

Minuto Zero

23
Out10

Porque ao Sábado se destaca...

Minuto Zero
Hulk- A força da inteligência e a inteligência da força

No momento presente se falarmos de Giovanildo Vieira de Souza ninguém sabe de quem estamos a falar. Mas futuramente falar-se-á em Hulk e pensaremos primeiro em Giovanildo do que no herói de banda desenhada homónimo.
O Hulk da ficção e o Hulk real quase se confundem. Ambos são incríveis e arrebatadores, mas um é mundialmente conhecido e outro não? Porque? Porque o segundo carece de oportunidades.
Tal como o seu homónimo ficcional, Hulk é incrível, arrebatador, poderoso e portentoso. Só que a diferença é que o primeiro diverte as crianças e o segundo pode mudar o futebol.
Com uma invulgar capacidade física, temperamento absolutamente arrebatador, Hulk alia ainda uma velocidade estonteante, uma visão de jogo quase perfeita e um remate portentoso. A Correr é incrível, a rematar é imparável, a passar a bola é um génio, a ganhar duelos é um gladiador.

Este jovem que ninguém aproveitou vai caminhando para os 30 anos sem ter oportunidades. Sem ter alguém que o faça entender quando e como entregar a bola e quando e como pisar determinados espaços no terreno. Falta-lhe cultura táctica, falta-lhe discernimento, porque qualidade, essa é lhe intuitiva, dão-lhe uma bola e ele faz estragos. Hulk tem tanto de arrebatador para correr 70 metros com abola e fuzilar o guarda-redes a quase 200 Km/h como por perder 10 bolas seguidas em confrontos físicos infantis. O seu estado emocional é controverso, a raiva invade a sua alma e percorre-lhe o sangue, mostrando ao mundo que é latino. Mas um latino diferente dos outros, um latino poderoso mas nem sempre eficaz. A raiva sai-lhe da alma e percorre os seus pés, joga com raiva não joga com cabeça, daí lhe que possa marcar o melhor golo do ano ou faça a maior perdida do ano. Esta raiva faz-lhe parecer uma animal, quando explode faz parecer uma bomba, por isso o futebol de Hulk é uma incógnita. Uma incerteza, porque toda a raiva aglutinada tem tanto de revolucionário ou transcendental como de perigoso ou destronante.
Falta-lhe um equilíbrio, falta-lhe uma bússola dentro de campo. Que o oriente, que lhe siga mas que sobretudo que faça racionalizar o seu jogo. Esconder a raiva e soltar a paixão, explodir com alegria e guardar o rancor, porque só assim Hulk conseguirá ser igual a si próprio e mostrar ao Mundo todo o seu valor.
Hulk é latino no talento, na criatividade, na genialidade, no temperamento e é nórdico na força física, na inteligência e no poder. Hulk tem características singulares que o distinguem dos demais jogadores. Hulk tem todas as características que um jogador deve ter, Hulk é a junção de várias escolas de futebol. Hulk é inteligente e criativo, mas a mesma raiva que o faz explodir, faz-lhe perder a racionalidade, e faz-lhe perder o sentido colectivo do jogo. Talvez por isso seja irregular, tal vez por isso a sua fama seja efémera. Mas Hulk merece bem mais de 15 minutos de fama.
Merece que alguém o faça entender as problemáticas do jogo, os seus momentos, mas sobretudo que o faça entender a si próprio. Precisa de alguém que lhe tire a raiva e deixe que a sua inteligência seja submersa e possa finalmente deixar de ofuscar a sua criatividade. No dia em que isso acontecer, no dia em que Hulk crescer mentalmente, a sua criatividade soltar-se-á, a sua força e o seu talento preencheram os maiores estádios de futebol com um domínio que ninguém poderá parar, porque se é possível contrariar a inteligência da força é irreversível contrariar a força da inteligência de Hulk. No dia em que combinar a inteligência da força e a força da inteligência será indubitavelmente o melhor do Mundo.
 
By João Perfeito

2 comentários

Comentar post