Terça-feira, 25 de Janeiro de 2011
Em Frente
                Pebolim Português

                Passavam quinze minutos das oito da noite nesta última segunda-feira, quando eu me sentei no sofá da sala para assistir a uma partida de futebol. Vinha na programação que a essa hora se iniciava um jogo correspondente ao Campeonato Português, no entanto, mal começou a emissão deparei-me com uma encontro entre uma equipa europeia e uma equipa sul-americana. De imediato, aqui entre nós, pensei que talvez estivesse perante uma nova competição no calendário desportivo. Mas seria possível? Quer dizer, a existência de uma liga europeia que reúna as melhores equipas do Velho Continente é tida como uma hipótese permanente. Agora, uma competição que junte clubes europeus e sul-americanos já é algo que creio ser demasiado optimista, não acham?
                O jogo colocava frente-a-frente o Sporting Clube de Portugal, a tal equipa europeia, e o Sport Clube Marítimo, uma equipa que suponho ser ali para os lados de Ceará, mesmo juntinho à fronteira do estado do Maranhão. Mesmo assim, gostei de ver que não só de jogadores brasileiros se constituía o onze dessa equipa, pois para além dos sete naturais desse país, ainda se juntava à festa um Francês, um Cabo-Verdiano, um Angolano e um Senegalês. Todavia, sendo o jogo disputado em território nacional, creio que não havia problema nenhum em terem colocado em campo um português, nem que tivesse este começado no banco. Sempre creio que a malta na bancada iria gostar mais do que ter visto mais dois Brasileiros e um Cabo-Verdiano a entrarem no decorrer da partida, como acabou por acontecer.
Fonte: Blog FutebolSambaeCarnaval

                E neste ponto creio que o treinador Pedro Martins (um verdadeiro estrangeiro neste clube) esteve mal. Quer dizer, eu pelo menos ouvi dizer que ele tinha dois portugueses convocados. Não podia ter colocado um em campo? O povo português acho que agradecia; mas também não vou bater muito na cabeça deste senhor, pois isto de ver jogadores nacionais em campo não pode ser todos os dias. Ainda para mais, sabendo que a outra equipa iria entrar em loucuras e, ao longo do jogo, colocar oito portugueses em campo. Vejam bem esses glutões, que exagerados… Já o Rio Ave – uma equipa portuguesa, caso não conheçam - tem a mesma mania.
                Os de Alvalade já usaram 13 portugueses nesta época e, em Vila do Conde, outros 15. Se querem que lhes diga, acho que só fazem isso para chatear os outros clubes e estragar as médias desta competição que se quer tão extravagantemente estrangeira. E nesse capítulo, tendo até agora utilizado três portugueses, sem dúvida alguma, o tal clube de Ceará tem mostrado como é. Aliás, quer se queira quer não, só estão a seguir o exemplo de uma das maiores potências mundiais, o Real Madrid. No entanto, também esses são algo exagerados ao colocar Pepe, Carvalho e Ronaldo no onze titular. Isto tem de haver limites e quantos menos jogadores portugueses houver melhor! E ainda querem os outros apostar na academia. Ridículos…
                Agora, tendo em conta o pretendido com este campeonato, creio que uma mudança de nome aplicava-se. Quem sabe, talvez “Campeonato para todos os jogadores, mas mesmo todos, do Brasil à China, dos Estados Unidos ao Qatar, a não ser que sejam portugueses e nesse caso, desculpem, mas não”. Acho que se devia ponderar essa mudança, tal como acho que os comentadores deveriam ser alvo de formação. Isto de chamar ao goleiro “guarda-redes” é inadmissível. Quero ver mais respeito pelo futebol, mais time como a do Marítimo e com a torcida sempre presente. E já agora nos festejos após o gol não ficava mal um pouco de samba. A ver se os portugueses aprendem, pelo menos, essa bela dança, que futebol não dá.

Saudações Leoninas,

by Jorge Sousa


publicado por Minuto Zero às 13:31
link do post | comentar

1 a zero:
De stevefg_8 a 25 de Janeiro de 2011 às 15:42
bem...grande crónica Jorge. a tua melhor, sem dúvida.
No entanto há a realçar que este fenómeno, a globalização, nao se verifica só no nosso país. se isso acontecesse, então critica como tu.
Como já frisei numa ou outra crónica, sou contra os estrangeiros que nao acrescentam nada às equipas...deve-se apostar nos portugueses,claro. formar o máximo possível. Porém, tambem acho que se o estrangeiro for melhor que o português (o que nao acontece muitas vezes, é um facto) então que se deve apostar nele.
espero nao ser mal compreendido.
um abraço


De Óscar Morgado a 25 de Janeiro de 2011 às 19:50
Estou perfeitamente de acordo com o Steve: Jorge, ou tu acabaste com o bagaço todo aí de casa ou então tiveste uma epifania como a do Pessoa quando escreveu 100 e tal poemas de uma vez, está realmente original. Em relação à aposta em jogadores nacionais, estou perfeitamente de acordo, mas terá que haver a tal evolução a nível de formação no país, como já se tem vindo a discutir aqui no blog por diversas vezes.


De Anónimo a 10 de Março de 2011 às 23:20
Muito bem, primo "Joka"! Há pouco que possa acrescentar... quase que valia mais haver pouco dinheiro (também no Futebol, pois não se houve falar de "Crise Económico Financeira" bo Futebol...) e, por força dessa situação, termos equipas verdadeiramente nacionais... melhores ou piores que se tornassem. De resto - e ao nível das Selecções Nacionais, devia ser obrigatório até os treinadore terem de ser nacionais! Ainda bem que o Deco já foi, espero que o Liedjissaum fiki nu Bráziu e que o Pepe se lesione quando houver Europeu e Mundial! Senão, qualquer dia, mais vale mudar também o nosso equipamento para verde e amarelo!! Parabéns, jorge... continua a produzir mais materiais que "a malta" tem o maior interesse em ler tudo! Abraço do primo Luis


Comentar post

pesquisar neste blog
 
Equipa Minuto Zero'
Links
Também Tu Podes Participar!

Participa na Equipa Minuto Zero'

subscrever feeds
Arquivo

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010