Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011
Em Frente
                Ping-Pong
 
               Não digo que fartei. Nunca o farei e se alguma dia tal coisa tiver perto de acontecer é porque algo está muito mal comigo. No entanto, claro que é desgastante, claro que é preciso saber sofrer. Claro… Portanto, em vez de me estar por aqui a lamentar vou adoptar uma personagem bem conhecida de Herman José: um tal de José Severino, ou pelo menos uma coisa parecida.
fonte: blog comunidadevirtualdeopp
                Pois, “eu é mais bolos”, dizia ele. Bem, não é bem bolos, mas no meu caso uma coisa parece clara, futebol não é certamente. Não ganho, vejo violência gratuita, saio deprimido do estádio, enfim… Talvez pingue-pongue. “Eu é mais ténis de mesa”. Que tal? Sob risco de estar a ser injusto, parece-me que pouca gente dá grande atenção a essa modalidade. Quer dizer, toda a gente joga, mas certamente que ninguém sabe quem é o Messi, o Cristiano Ronaldo desse belo desporto. Pelo menos, eu na minha ignorância não sei.
                “Então, viste ontem o jogo?”. A partir de agora será isso que vou fazer quando me perguntarem tal coisa – “eu é mais ténis de mesa… e pesca desportiva, também vejo pesca desportiva”. Quem leva a mal? Eu é que ficarei bem chateado quando as pessoas não souberem como ficou o Ponte do Pargo ou outra dessas grandes equipas. Há tantos adeptos que só se lembram que são de x ou y quando estão a ganhar, portanto será sempre uma bela forma de também eu fugir a temas indesejados quando me apetecer.
                Não me tenho de chatear e acaba por ser uma bela maneira de ir aprendendo algo sobre uma modalidade diferente. Para já, posso dizer que após cinco minutos de exaustiva pesquisa na internet, já sei que o Zidane desta actividade era um sueco e que o actual campeão do mundo é um chinês. O que até parece chato, uma vez que este país conta ainda com os campeões do sector feminino e de dupla feminina, masculina e mista. Mas pronto, eu que pensava que o maior campeão de todos os tempos até tinha sido o Forrest Gump, já sei mais do que muita gente sobre este meu novo passatempo.
                E, estando eu aqui de boa vontade, querendo sempre promover um tão belo desporto, convido mesmo as pessoas, assim que possível, a assistirem a um jogo de ténis de mesa. Digam-me quando o fizerem para podermos trocar ideias sobre ele. Mas primeiro deixem-me ver em que situações há fora-de-jogo na modalidade, ou de que outra forma o árbitro pode prejudicar quem eu apoio. O que não quer dizer que aconteça sempre. Nunca sei quando tal coisa se verificará e portanto é melhor estar atento, que isto de jogos de bastidores no pingue-pongue deve ser uma clara realidade.

Saudações Leoninas,

by Jorge Sousa


publicado por Minuto Zero às 22:48
link do post | comentar

pesquisar neste blog
 
Equipa Minuto Zero'
Links
Também Tu Podes Participar!

Participa na Equipa Minuto Zero'

subscrever feeds
Arquivo

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010