1 a zero:
De O Analista a 28 de Setembro de 2010 às 18:10
Desde quando é que o facto de trabalhar o fisíco significa ficar completamente musculado tipo os palhaços do wrestling? A questão é a seguinte... 1) tem que se saber em que estado estava o Salomão quando ingressou este ano no Sporting... o facto de estar no ginásio pode significar apenas que ele tem deficiencias musculares que lhe podem provocar lesões graves... coisa que parece bastante válida até porque ele não está a meu ver com muscúlos tonificados a mais... 2) talvez se olhassem para os velocistas reparacem numa coisa... todos eles são bastante musculados... o facto de ter os musculos muito tonificados não significa a perda de mobilidade em espaços curtos (até porque o recordista dos 60 m é talvez o homem mais musculado do mundo da velocidade, quando estamos a falar da distância mais curta da velocidade)... o miúdo pode ter "montes" de músculos, desde que trabalhe com a mesma intensidade a agilidade, vai sempre conseguir consiliar as duas coisas, pois vai chegar a um ponto em que o organismo não aceita mais volume muscular pelo facto do corpo estar a ser trabalhado em termos de agilidade.


De PROGRAMA MINUTO ZERO a 29 de Setembro de 2010 às 08:56
A questão é isso mesmo que referiste. Até que ponto esse trabalho é bem feito. Claro que Diogo Salomão apresenta essas deficiências visto que só agora chega ao futebol de elite. A grande questão que levanto aqui é até que ponto esse trabalho deve ser executado ou seja, é importante não cair no exagero como muitas vezes acontece. No caso de Djló por exemplo parece que o aumento de peso derivado do aumento da massa muscular adulterou um pouco as suas capacidades, tornou um jogador mais "triste", mais dado ao choque mas bem menos ágil. Tomando até um exemplo mais óbvio, Ronaldo Fenomeno quando chega à europa era um fora de série, agilidade, velocidade, técnica, capacidade de finalização tudo em níveis que pareciam indiciar que estaria ali um jogador ao nível de Pelé ou Maradona se bem trabalhado. A questão é que essas cargas musculares foram levadas ao exagero e o seu corpo não tinha capacidade para tanta massa muscular e tanto peso. Resultado: lesões e um jogador triste um ponta de lança de movimentos com muito menos amplitude do que seria de prever.

Obrigado pelo comentário foi de excelente pertinência!


Comentar post