Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minuto Zero

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

Minuto Zero

10
Fev11

Steve Field

Minuto Zero

Espanha, país das conquistas

O último Australia Open, que acompanhei praticamente na íntegra, teve um novo factor histórico: pela primeira vez 5 atletas de uma nacionalidade estavam presentes nos oitavos-de-final de um Grand Slam. Ou seja, em 16 atletas na competição, 5 eram Espanhóis - o que é fantástico. É certo que três foram logo eliminados e nenhum triunfou (Rafa Nadal falhou a oportunidade de conquistar o Rafa Slam – 4 títulos de Grand Slam consecutivos), mas não deixa de ser um factor interessante.
No entanto, felizmente para os Espanhóis, não é só no ténis que têm tido preponderância. O maior destaque vai naturalmente para o futebol. Título europeu, mundial e um projecto consolidado desde as selecções mais jovens que permite ao país aspirar à manutenção do trono por alguns anos, são o país do futebol do momento. Em termos de clubes, possui um dos melhores campeonatos do mundo com provavelmente as duas melhores equipas do planeta, com os melhores jogadores, o Barcelona e o Real Madrid. Para além do futebol, há mais desportos colectivos com domínio Espanhol, nos quais destaco o futsal e o Hóquei. No futsal, Espanha domina em termos de selecções tendo destronado o poderio Brasileiro, além de ter das melhores equipas do mundo no seu campeonato. Quanto ao Hóquei, Tanto em termos de selecções como quando a nível de equipas (Barcelona), o domínio é incontestável, tendo vários títulos consecutivos. Além disto, no Basket tem o Barcelona (mais uma vez…) que é das melhores equipas do mundo, bem como a selecção que é sempre competitiva.
Em termos individuais, mais do mesmo. Para além do ténis, Alonso é um dos melhores pilotos de fórmula 1, Alberto Contador domina o ciclismo, Lorenzo é um dos melhores do motociclismo…entre muitos outros que ajudam a Espanha a ser uma das grandes potências do desporto mundial e, certamente, a melhor dos últimos anos.
Muitas vezes, a justificação para resultados pouco conseguidos no desporto é a falta de recursos financeiros. Em Portugal, por exemplo, é um dos grandes factores, bem como o deve ser em muitos outros países. Porém, a Espanha também atravessa uma grande crise económica e domina o desporto. Não será a organização mais fundamental que o dinheiro?

by Steve Grácio

3 comentários

Comentar post