Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minuto Zero

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

Minuto Zero

13
Fev11

Fogo sem Fumo

Minuto Zero

Tirem o cavalinho da chuva

Há quem veja na actual situação do Sporting o rumo certo para a sua completa descaracterização, ou seja, que o Sporting não tarda e andará a lutar pela não despromoção ou pelo 8º ou 9º lugar da tabela classificativa. A meu ver, é manifestamente exagerado o que se tem dito. É verdade que o Sporting passa um momento complicado, muito complicado, talvez o pior dos últimos anos. Reina a confusão e o caos, sucedem-se demissões, despedimentos e pedidos para rescisão amigável. Ninguém tem mão no actual Sporting. O treinador, qual timoneiro sozinho ao leme, diz que ainda aguenta mais “pancada” e que vai pegar o “touro pelos cornos”. Diz-se abandonando pela estrutura, mas com a confiança da equipa de futebol. Actualmente, não há presidente, ou melhor, é apenas um corpo presente. Sucedem-se os avanços e os recuos dos notáveis (e daqueles que são menos notáveis) em relação às presidenciais que se aproximam. Os resultados continuam medíocres, empates com a Naval e com o Olhanense que envergonham qualquer um. Tudo isto é verdade. Não nego e até coloco mais lenha na fogueira para que a discussão e a reflexão possam ter um pouco de fumo branco. Mas não nos esqueçamos que o Sporting tem uma grande massa associativa, tem milhões de adeptos e que, nos momentos decisivos, nunca viraram costas ao clube. O Sporting vai continuar a ser um dos grandes do nosso futebol. O Sporting não baixará ao 6º lugar no fim do campeonato como outrora aconteceu a outros. Apesar da hecatombe, ainda está no 3º lugar da tabela classificativa, nas meias-finais da Taça da Liga e nos oitavos de final da Liga Europa. É isto que os sportinguistas querem? Não, não é. Os adeptos leoninos querem o Sporting no 1º lugar ou a lutar pelo 1º lugar, querem o Sporting mais forte e com garra, querem o Sporting presente no Jamor todas as épocas. E querem o Sporting na Liga dos Campeões. É isto que se quer em Alvalade. Por isso, é preciso um grande debate, várias candidaturas e projectos. Com “fundos” ou sem “fundos”, é necessário preparar um projecto de futuro que devolva a esperança - aquela que sempre foi tão verde – a credibilidade e os sucessos ao clube de Alvalade. Os últimos a rir são os que se riem melhor. E estejam descansados ou aflitos, o Sporting não morrerá nem deixará de ser uma grande instituição. Porque acima de tudo, o Sporting é um clube que não é de bairro, nem de cidade, mas de Portugal. Tenho dito.

by Alexandre Poço

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.