Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minuto Zero

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

Minuto Zero

19
Set12

Lado B

Bruno Carvalho

Fase de grupos da Champions arranca sem grandes surpresas

 

Ontem arrancou a fase grupos da Liga dos Campeões 2012/2013 sem grandes surpresas, à exceção do grupo C no qual o Zenit foi goleado pelo Málaga por 3-0 e o AC Milan não foi além de um empate a zero com os belgas do Anderlecht.

No grupo A, FC Porto e Paris Saint-Germain cumpriram as expetativas e venceram os seus jogos. Os portistas venceram, na Croácia, o Dínamo de Zagreb por 2-0 com golos de Lucho González e Defour, num jogo em que os “azuis e brancos” sofreram um pouco para conquistar os três pontos, uma vez que os croatas estiveram à beira do empate por várias vezes sendo Helton a manter a baliza portista intata. No outro jogo do grupo, os franceses do Paris Saint-Germain venceram facilmente os ucranianos do Dínamo de Kiev por 4-1, com o golo da equipa de Leste a ser apontado pelo português Miguel Veloso. Como já era de esperar, FC Porto e PSG confirmam o favoritismo neste grupo A.

No grupo B, registaram-se duas vitórias forasteiras para os ingleses do Arsenal e para os alemães do Schalke pela mesma marca (2-1). Os londrinos até começaram o encontro a perder, com os franceses do Montpellier a marcarem o primeiro golo do jogo mas a equipa de Arsène Wenger conseguiu dar a volta ao resultado e vencer pela margem mínima. No outro jogo, os gregos do Olympiakos treinados pelo português Leonardo Jardim e onde joga Paulo Machado, perderam em casa com os alemães do Schalke, num encontro em que o avançado holandês Huntelaar foi decisivo ao marcar o tento da vitória alemã.

O grupo C foi o protagonista das únicas surpresas da noite europeia. Os russos do Zenit, com Hulk a titular e no qual também alinham os portugueses Bruno Alves e Danny, perdeu em Espanha com o Málaga, com um dos três tentos da formação espanhola a ser apontado pelo ex-benfiquista Javier Saviola. No outro desafio, os italianos do AC Milan não conseguiram ir além de um empate a zero com os belgas do Anderlecht em pleno San Siro, complicando ainda mais a vida ao treinador Massimiliano Allegri que começa a ser contestado pelos adeptos do AC Milan.

Por fim, no grupo D o grande destaque vai para a “remontada” do Real Madrid frente ao Manchester City num jogo fantástico e cheio de emoções fortes. Os pupilos de José Mourinho começaram a perder com um golo do bósnio Edin Dzeko, tendo o brasileiro Marcelo restabelecido o empate para os madrilenos. O sérvio Kolarov voltou a colocar os ingleses em vantagem, com o francês Karim Benzema a empatar novamente o jogo a cinco minutos do fim. Nos instantes finais, o português Cristiano Ronaldo estabeleceu o 3-2 final a favor do Real Madrid, voltando a sorrir e a acabar definitivamente com a especulação em torno da sua tristeza. No outro encontro do grupo, os alemães do Borussia de Dortmund venceram os holandeses do Ajax por 1-0 com o golo a ser apontado pelo polaco Robert Lewandowski.

Concluindo, a fase de grupos da Liga dos Campeões arrancou com poucas surpresas e com futebol de alto nível.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.