Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minuto Zero

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

Minuto Zero

23
Abr12

Livre Direto

Cláudio Guerreiro

O Campeão Dortmund

 

 

O campeonato alemão conheceu este fim-de-semana o seu campeão. O Borussia de Dortmund renovou o título que conquistara na época transata, num jogo em que levou de vencida o outro Borussia, o de Monchengladbach, por 2-0 com golos de Perisic e Kagawa.

 

Mesmo sem a presença da sua principal estrela, Mario Gotze, devido a uma lesão de longa duração o Dortmund conseguiu levar por vencido o seu principal adversário nesta luta: o poderoso Bayern de Munique que tinha equipa para ser campeão, mas a luta para chegar à final da Champios, com final no seu estádio, pode ter sido um fator importante para uma menor regularidade de resultados a nível local.

 

O sucesso um ano depois deve-se também à manutenção de um conjunto de jogadores que já se conheciam da época anterior, uma vez que do onze base, apenas Nuri Sahin saiu. Com a ausência de Gotze, foi o médio ofensivo Shinji Kagawa quem se destacou mais e comandou a equipa até à vitória no campeonato. O médio japonês, que tem uma ótima capacidade de ditar o ritmo de jogo, já fora figura da equipa na época passada, dando continuidade à boa forma neste ano, marcando 13 golos em 29 jogos até à data. No entanto, apesar de algumas individualidades que se têm destacado o Dortmund vale mais pelo seu conjunto.

 

Em primeiro lugar, o guarda-redes alemão Weidenfeller, apesar de não ser um grande nome do futebol alemão, oferece muita segurança a uma defesa que por si já coloca os avançados adversários em sentido. No conjunto dos quatro defesas destaco os centrais habitualmente titulares, Hummels e Subotic, que têm potencial necessário para se tornaram centrais de elite, com especial vantagem para o alemão. As laterias também estão bem entregues a Piszczek a Schmelzer, que apesar de não serem excecionais, cumprem os seus papéis de maneira eficaz.


O meio campo, para além de Kagawa é composto por Großkreutz, Kehl, Gundogan e Kuba (Bender também figura muitas vezes entre os titulares). Este meio-campo junta criatividade e destruição na dose certa. O goleador desta equipa é o polaco Lewandowski que conta com 20 golos em 32 jogos e que conseguiu sentar no banco Lucas Barrios.

 

O próximo passo desta equipa é conseguir afirmar-se em pleno nas competições europeias, algo que o Bayern de Munique já vem conseguido há uns anos.

 

 


 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.