Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minuto Zero

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

Minuto Zero

15
Abr12

Área de Ensaio

Pedro Santos

Campeonato ao rubro

 

 

    A fase final da Divisão de Honra que se iniciou na passada semana, trouxe este fim de semana mais jogos de qualidade e um novo líder na luta pelo titulo. Com quatro jogos para disputar, CDUL, Agronomia e Direito ainda podem ambicionar o título.

    No sábado, o GD Direito deslocou-se até Coimbra para defrontar a equipa da Académica. Ambas as equipas vinham de derrotas na jornada inaugural, mas o GD Direito tinha mais a perder, uma vez que uma derrota praticamente tirava a equipa da luta pelo título.

    Em relação ao jogo passado, o GD Direito apresentou algumas alterações, João Correia entrou para a 1ª linha, Gonçalo Malheiro e José Pinto formaram a dupla de médios e nas linhas atrasadas, Adérito Esteves e Miguel Leal foram também novidades. Já a equipa da casa notava apenas uma alteração, com a entrada de André Matias para a 2ª linha, mantendo-se os cincos estrangeiros da equipa a jogar de inicio.

    O resultado final foi de 25-11 a favor do GD Direito, mas o resultado podia ter sido mais dilatado. Sem fazer um jogo de grande nível, os "advogados" conseguiram criar várias situações de perigo e sobretudo colocar o poder que têm nos defesas em jogo (a isto não será estranho a nova dupla de médios) e a Académica nunca conseguiu contrair esse domínio. Mais uma vez ficou provado que a equipa de Coimbra ainda não tem capacidade de se bater de igual para igual com os principais candidatos e desta forma o GD Direito continua a poder ambicionar o titulo.

    Na Tapada, a Agronomia recebeu o CDUL num jogo que colocava frente a frente os dois primeiros classificados desta fase. A Agronomia entrou em campo com vantagem pontual, mas o CDUL sabia que uma vitória colocaria a equipa na liderança da prova.

    A Agronomia apresentou-se ainda sem Cardoso Pinto e com Francisco Mira ainda na posição "10", enquanto que o CDUL viu regressar Pedro Cabral para médio de abertura, passando Penha e Costa para a ponta e saindo Appleton do XV inicial.

    Contudo uma equipa que apresenta nas linhas atrasadas homens como Frederico Oliveira, Gonçalo Foro, Carl Murray e Pedro Cabral tem de ser sempre candidato e neste momento o CDUL parece ser o mais forte pretendente ao título nacional.

    Mais do que a vitória 40-19, ficou expressa a superioridade do CDUL sobre uma equipa da Agronomia que parece algo perdida na manobra ofensiva sem Cardoso Pinto. A verdade é que neste momento é a Agronomia que se vê atrás na classificação e a necessitar de esperar que o CDUL perca pontos. Quatro jogos, quatro finais e muita expectativa em saber como serão os próximos jogos.

    O CDUL lidera com 12 pontos, o Direito segue com 9, Agronomia com 8 pontos e a Académica está na última posição com 1 ponto.

Na fase de descida, o Belenenses continua o seu "passeio", provando mais uma vez que o seu lugar não é definitivamente neste "campeonato". Os "azuis do Restelo" receberam e venceram o Benfica por 43-27, mostrando a sua superioridade, enquanto que a equipa benfiquista mostrou que ainda não está ao nível em condições de disputar o 1º lugar nesta fase.

    O CDUP veio até Lisboa vencer o Técnico por 22-20, acentuando ainda mais a crise do Técnico que parece cada vez mais incapaz de fugir à despromoção. A equipa do Norte continua a fazer um trajecto tranquilo.

    Nesta altura o Belenenses é líder com 12 pontos, Benfica e CDUP seguem com 7 e o Técnico é último com 2 pontos.

 

By Pedro Santos

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.