Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minuto Zero

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

Minuto Zero

12
Jan11

Em Frente

Minuto Zero
Não há dia que não passe no universo leonino não se critique a direcção de José Eduardo Bettencourt. Criticam-se os negócios, as atitudes, a apatia, enfim chegasse até a colocar em causa o sportinguismo de alguns. São vários os que vão pedindo eleições antecipadas, mas infelizmente poucos os que vão dando a cara ou tomados pelos sócios como alternativas claras ao actual presidente. Hipóteses? Vamos cá fazer uma enumeração:
                Rogério Alves: O antigo Bastonário da Ordem dos Advogados e Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Sporting SAD será sempre visto como o mais forte candidato a uma eventuais eleições. É certo que provém da mesma linha de fabrico de José Eduardo Bettencourt, mas pelo dom da palavra que possui, facilmente seria capaz de iludir mais uma vez um grande número de sócios (os tais que no passado votaram na actual direcção).
                Paulo Pereira Cristóvão: O candidato derrotado das últimas eleições leoninas apresenta uma margem de manobra que lhe pode conferir algum crédito junto dos sócios que se opõem à actual direcção. Apresentava um projecto ao contrário do seu opositor e os seus conhecimentos enquanto antigo membro da Polícia Judiciária poderiam ser um trunfo importante na Liga. No entanto, os meios de comunicação em plena campanha eleitoral acabaram por desvalorizar as suas pretensões, fazendo com a opinião em seu torno fosse desde possível salvador a pára-quedista da ordem do antigo presidente Jorge Gonçalves.
                João Rocha Jr: É filho de um dos presidentes mais acarinhados pela massa associativa. Foi um dos fundadores da claque Juventude Leonina. É um empresário de créditos firmados. É tido como um grande sportinguista e arrasta na sua figura o desejo de ver um Sporting tão grande como aquele que o seu pai construiu. No entanto, uma eventual candidatura não passe disso mesmo. Circula um movimento no Facebook que pretende o convencer a avançar. No entanto, por agora não existe um projecto, não existem ideias, apenas um sonho de um futuro verde, igual a um passado grandioso.
                José Eduardo Sampaio: Empresário conhecido do universo leonino, antigo atleta do clube. Apresenta-se como estando “desgostoso com o rumo do clube” e promete no dia 31 de Janeiro apresentar um projecto “para o clube, especificamente direccionado para o futebol”. É tido como apoiante da actual direcção, no entanto afirma colocar “o Sporting acima das individualidades”.
                Pedro Souto: Nas últimas eleições apresentava-se como candidato, no entanto acabou por recuar perante o avanço de Bettencourt. O então apelidado pelo jornal OJogo como sendo um “milionário do sector automóvel” acabou por voltar-se contra a actual direcção. É tido como um óptimo gestor, mas a verdade é que na vida activa do clube não lhe são conhecidos feitos.
                Isabel Trigo Mira: Uma das figuras mais apreciadas do universo leonino. Chegou ao clube em 1995 como Secretária da Mesa da Assembleia Geral. Foi vogal do Conselho Directivo, foi membro do Conselho Leonino. Recebeu o prémio Stromp (Dedicação do Ano), em 1997 e chegou a assumir a presidência dos Leões de Portugal (grupo de solidariedade sportinguista).
É reconhecida igualmente pelo seu envolvimento com os Núcleos do clube. No entanto, não se tem perfilado como eventual candidata, para desgosto de uma grande parte dos Sportinguistas.
                Dias Ferreira: O actual Presidente da Assembleia Geral do clube perfila-se sempre como candidato à presidência do Sporting. No entanto, parece mudar a sua opinião ao “sabor do vento”. O seu Sportinguismo é, no entanto, inquestionável e desde há muito que é uma presença habitual da vida do clube.

                Zeferino Boal: Sócio e antigo dirigente do clube (nos mandatos de Jorge Gonçalves e Sousa Cintra) pretende pedir eleições antecipadas. Crê que falta no clube uma forte liderança e falta de cultura desportiva. A sua imagem será sempre associada ao presidente Jorge Gonçalves (tido como um dos piores da história do clube), no entanto ao lançar um projecto viável, seguramente terá o apoio de um bom número de Sportinguistas.
                José Maria Ricciardi: Em Agosto de 2010, o jornal Expresso apresentava-o como o 24º mais poderoso da economia portuguesa. É o presidente da comissão executiva do BES e considerado o verdadeiro presidente do clube, pela influência que terá tido nesta direcção e nas últimas que ocuparam o clube. Apresenta uma imagem bastante negativa entre os adeptos, pelo facto de ser um dos grandes responsáveis pelo momento económico do clube.
                Certamente que outros nomes irão ser dados como eventuais candidatos à presidência do clube, no entanto estes são aqueles que de um modo, ou de outro se afiguram como mais fortes possibilidades a surgirem como tal.

fonte: abola.pt


Saudações Leoninas,
Jorge Sousa

2 comentários

Comentar post