Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minuto Zero

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

A Semana Desportiva, minuto a minuto!

Minuto Zero

02
Jan12

Bloco Triplo

Ricardo Norton

NOTAS SOLTAS I

 

Com as festas terminadas e com o campeonato nacional em stand-by até ao próximo dia 7, deixo aqui alguns tópicos relevantes que marcaram o 2011 voleibolístico e terão influência para o resto do campeonato que se espera tão competitivo como a sua primeira metade.

 

Tiago Violas está de malas feitas com destino à Polónia e quem o diz é a Federação Portuguesa de Voleibol. A FPV avança, em primeira mão, na página de Facebook que, segundo o site do Esmoriz GC (que se encontra temporariamente indisponível), o jovem distribuidor terá chegado a acordo com um clube polaco. Apesar de não se saber qual é a equipa e não ser possível ter acesso a mais dados, é uma notícia extremamente positiva. O valor do jogador português foi finalmente reconhecido. O internacional português há muito tempo que vinha dando provas do seu valor e, ao que parece, teve a sua recompensa. Depois de Maia ter experimentado Itália e Nuno Pinheiro se ter instalado por França, Violas dá continuidade ao bom nome dos distribuidores portugueses com uma transferência para a Polónia. Será um desafio exigente e um salto qualitativo enorme. Resta a Violas provar se está à altura desta nova etapa que, recorde-se, será a sua primeira aventura no estrangeiro.

 

 

O voleibol português está de parabéns. Benfica e Fonte do Bastardo elevaram um pouco mais o nome de Portugal com importantes vitórias nas competições europeias onde participaram. Os campeões nacionais eliminaram a formação alemã do Evivo Duran e estão agora nos 16avos da Challenge Cup, conseguindo um apuramento histórico. Uma dupla vitória (3-0 nos Açores e 3-2 na Alemanha) permitiu aos insulares seguir em frente na prova. Por sua vez, o SL Benfica obteve o 3º lugar no conceituado torneio Ermasport, ao vencer o clube espanhol do CMA de Soria Numancia por 3-1. Foi um torneio que reuniu formações de topo no contexto europeu e apenas prova o elevadíssimo valor do plantel do Benfica para esta época. Com a adição de caras como Kibinho e Roberto Reis, este Benfica certamente estará na luta pelo título. Estão na calha intensos duelos com a AJFB para a desforra da final do ano passado.

 

 

Com o campeonato senior praticamente a meio e analisando as estatísticas, é possível destacar alguns factos que considero relevantes. Nas habituais seis ações de jogo analisadas pela estatística da FPV, três jogadores portugueses aparecem no primeiro lugar. Filipe Pinto é o melhor pontuador, Marcel Gil é o melhor blocador e Alexandre Ferreira é o melhor servidor. Isto apenas mostra o bom trabalho que se tem feito ao nível da formação e mostra também que o voleibol ensinado em Portugal pode equiparar-se ao trabalho que se faz no estrangeiro. Estes três jogadores comprovam que o nível das seleções portuguesas tem tudo para ser alto nos próximos anos.

 

 

Ricardo Lima está de saída do Leixões SC. Quem o diz é o próprio jogador, numa nota deixada na página de Facebook do clube. Para os verdadeiros apreciadores desta modalidade, é triste ver um jogador deste calibre sair por ordenados em atraso. É apenas mais um exemplo da gestão precária que tem sido o "pão nosso de cada dia" no clube matosinhense, o que tem resultado numa instabilidade constante e em épocas completamente díspares entre si, o que leva a uma falta de consistência nas equipas seniores.

 

 

Uma nota extremamente positiva para o jornal Record que, ao sair das habituais crónicas de jogos que abundam nos media portugueses, decidiu inovar e, na minha opinião, acertou na mouche. O jornal entrevistou Miguel Maia, o melhor jogador português da atualidade. É uma entrevista extensa, onde são abordados vários aspetos, desde a biografia à carreira do atleta. Espero que se mantenha a tendência para aumentar a divulgação que o voleibol tanto merece.

 

 

Por fim, deixo uma nota extremamente positiva ao I Viana Volley Cup, torneio de formação organizado pelo Viana VC e apadrinhado por Miguel Maia. Na minha condição de treinador de formação, considero extremamente positiva a iniciativa. Por feedbacks recebidos, soube que foi um evento que correu bem e espero que perdure, para que os jovens tenham cada vez mais oportunidades de aliar a competição ao convívio, como vem sendo hábito na já “veterana” Lousã Summer Cup ou o TIVE. Na ótica dos treinadores/clubes, um torneio nesta altura é importante, uma vez que permite afinar e corrigir estratégias para preparar a segunda e a mais importante etapa do campeonato. Parabéns aos vencedores e desejos de bons campeonatos!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.