Segunda-feira, 16 de Julho de 2012
Livre Direto

Antevisão: Atletismo português nos Jogos Olímpicos

 


 

 

Os Jogos Olímpicos aproximam-se e já se começam a falar nas possibilidades de alguns atletas trazerem medalhas para o país. Com a não participação de Naide Gomes, Nélson Évora ou Francis Obikwelu as possibilidades de medalhas para Portugal ficam bastante reduzidas. Neste leque de atletas Francis Obikwelu iria aos Jogos apenas com o desejo de estar presente na final, pois lutar por alguma medalha já não estaria ao seu alcance. Deste modo, as esperanças lusas parecem recair sobre Telma Monteiro, no judo, que já demonstrou que não consegue lidar muito bem com a pressão de obter um bom resultado, através da sua última participação olímpica em Pequim 2008.

 

22 (13 do sexo feminino e 9 do sexo masculino) são os atletas que estarão presentes nas provas de atletismo representando Portugal, muitos deles com baixíssimas probabilidades de alcançar um lugar entre os 3 primeiros nas suas respetivas provas.

 

À partida são as mulheres que apresentam mais hipóteses de trazer uma medalha para Portugal, embora as possibilidades sejam algo reduzidas. Nos 20 km Marcha, temos uma tripla de atletas que lutará para estar presente entre as 8 melhores (Susana Feitor falhará aqueles que seriam os seus 6ºs Jogos Olímpicos). Vera Santos, Inês Henriques e Ana Cabecinha já provaram serem exclentes atletas nesta distância tornando Portugal como uma das potências europeias, a nível da marcha.

 

Na Maratona, teremos outra tripla de atletas de alto nível: Marisa Barros, Jéssica Augusto e Ana Dulce Félix (consagrada campeã europeia nos 10 000m nos Europeus deste ano). Jéssica Augusto é que apresenta melhor recorde pessoal das três e será, na minha opinião, aquela que mais hipóteses terá de lutar por uma medalha. Como se sabe a Maratona, devido intenso desgaste, nem sempre coroa aqueles que são os principais favoritos, por isso com uma boa preparação as maratonistas portuguesas poderão aspirar a um bom resultado final. 

 

Sara Moreira e Patrícia Mamona também poderão estar na luta por um lugar, embora as medalhas à partida sejam uma miragem. Sara Moreira terá como objetivo ser a melhor das europeias nos 5000m e nos 10 000m (caso opte por participar nas duas provas), devido, claro está, à forte concorrência africana vinda do Quénia e da Etiópia. Um lugar entre as 8 primeiras já será, de certeza, uma vitória. Já Patrícia Mamona também terá como objetivo estar entre as 8 primeiras. Contundo, a atleta já demonstrou que consegue proezas incríveis, mesmo quando não está no seu topo de forma (prova disso foi o 2º lugar obtido nos últimos europeus). Mamona é uma atleta com uma enorme margem de progressão e, certamente, que nos próximos Jogos será uma das fortes concorrentes a estar presente no pódio do Triplo Salto.

 

No lado masculino as hipóteses de medalha são ainda mais pequenas. Apenas Marco Fortes terá uma ténue possibilidade lá chegar, mas contará com a forte concorrência dos atletas norte-americanos, nomeadamente Reese Hoffa e Christian Cantwell, do polaco Tomas Majewski e do novato alemão David Storl. Marco Fortes terá também de saber lidar com a pressão de uma grande competição, pois os seus melhores resultados raramente são efectuados em grandes campeonatos.

 

Daqui a algumas semanas começarão as provas de atletismo e até lá a preparação dos atletas será certamente intensa para que possamos contar com bons resultados dos atletas lusos. Não lhes devemos exigir medalhas, mas sim que dignifiquem a camisola nacional, dando o seu máximo, e se for com uma medalha melhor ainda.

 

Por Cláudio Guerreiro



publicado por Cláudio Guerreiro às 17:25
link do post | comentar | ver comentários (3)

Segunda-feira, 21 de Maio de 2012
Livre Direto

O que esperar do atletismo português em Londres?

 


 

23 são os atletas que conseguiram mínimos para os Jogos Olímpicos de Londres em Julho/Agosto deste ano. No entanto, nem todos viajarão para a capital com o objetivo de trazer medalhas para Portugal. Muitos irão participar sem grandes ambições, ou seja, com o simples objetivo de estar presente no maior evento desportivo do mundo.

 

Supostamente, uma das maiores hipóteses de medalha viria de Nélson Évora, campeão olímpico em título, mas a contas com uma lesão não poderá estar presente. Deste modo, as esperanças dos portugueses estão algo em baixo.

 

Sendo assim, é preciso começar a ver quem poderá conseguir um lugar no pódio. A escolha mais óbvia para ser o principal atleta português é Naide Gomes, no salto em comprimento. Mesmo com 32 anos, a saltadora nacional ainda tem claras hipóteses de finalizar a prova entre as três primeiras. Para que tal aconteça a atleta terá de ultrapassar alguns fatores, tanto a nível físico, como psicológico. Em primeiro lugar, deve evitar as lesões que só servirão para lhe atrasar a preparação. Já a nível psicológico, terá de ultrapassar a questão de ter sempre vacilado nas grandes provas em que era favorita. Talvez agora, não sendo tão favorita, possa conseguir uma vitória algo inesperada, como a que aconteceu há 4 anos com a brasileira Maurren Maggi.

 

Ainda nas disciplinas técnicas, Marco Fortes, no lançamento do peso será o atleta masculino que mais hipótese terá de lutar por uma medalha. Contudo, terá de fazer frente a um conjunto de lançadores norte-americanos de grande nível. Embora tenha tido uma grande evolução nos últimos 4 anos, deverá ter de contar com deslizes de alguns favoritos para conseguir chegar ao pódio.

 

Já nas provas de corrida as hipóteses terão mais do lado das atletas femininas. Na maratona, Jéssica Augusto e Ana Dulce Félix (caso optem por esta prova, em detrimento dos 5000m e 10 000m) e Marisa Barros possuem argumentos suficientes para ficar nos 10 primeiros lugares. A presença das atletas africanas, nomeadamente as quenianas, é o fator que poderá impedi-las de sonhar com algo mais. Na marcha, Inês Henriques, Ana Cabecinha e Vera Santos (Susana Feitor falhou a convocatória e falhará assim aqueles que poderiam ser os seus 6ºs Jogos Olímpicos) já demonstraram capacidades para figurar entre as 10 primeiras classificadas. Caso esteja em boa forma e dependendo das provas que venha a escolher parece-me que Sara Moreira poderá aspirar a um bom lugar nos 3000m obstáculos.

 

Há ainda o caso de Francis Obikwelu que terá como máximo objetivo chegar à final. Algo mais do que isso já me parece muito difícil face ao domínio dos norte-americanos e jamaicanos.

 

Deste modo, é fácil perceber que, teoricamente, apenas Naide Gomes terá reais hipóteses de sair de Londres com uma medalha. Os restantes aqui mencionados apenas conseguirão lutar por elas dependendo de um conjunto de fatores a seu favor.

 

 

Por Cláudio Guerreiro



publicado por Cláudio Guerreiro às 19:55
link do post | comentar

Segunda-feira, 14 de Maio de 2012
Livre Direto

 

 

Esta semana não foi possível realizar a crónica por motivos escolares.



publicado por Cláudio Guerreiro às 23:55
link do post | comentar

Segunda-feira, 7 de Maio de 2012
Livre Direto

Juventus conquista Série A

 

 

Neste último fim-de-semana, a Juventus, após o jejum de algumas épocas, conseguiu conquistar a Série A ao AC Milan depois de ter derrotado o Cagliari por 2-0, com um golo do montenegrino Vucinic e um auto-golo de Canini.

 

A equipa de Milão foi derrotada pelo rival Inter de Mião por 4-2, num jogo que foi também crucial para ditar a conquista do campeonato por parte da Juventus. A uma jornada da final do campeonato, a Juventus terá agora como objetivo finalizá-lo sem qualquer derrota. O treinador Antonio Conte conseguiu dar uma nova vida a uma equipa que ainda estava muito ferida em relação ao que lhe aconteceu no passado.

 

No conjunto da equipa há a destacar alguns jogadores que fizeram a diferença ao longo da temporada. Na defesa, o nome mais sonante, Chiellini, central há muito cobiçado por outros grandes da Europa, justificou todas as esperanças dos adeptos lançadas nele, exibindo-se ao mais alto nível.

 

No meio campo foi Pirlo quem fez a diferença. Após ter abandonado o AC Milan, no final da época passada, poucos eram aqueles que pensariam que o médio teria um grande papel no miolo da Juventus, devido sobretudo à sua idade. O médio transalpino mostrou muita qualidade de jogo, equilibrando um meio-campo que contou ainda com a presença de Marchisio e Vidal. Já no ataque o destaque vai para a dupla Matri/Vucinic que no conjunto marcaram 18 golos

 

O  próximo passo desta Juventus será fazer um planeamento adequado da equipa, de forma a que esteja preparada  para a exigência que enfrentará na próxima época, pois para além da reconquista do campeonato, pretenderá fazer uma boa figura na Liga dos Campeões.

Por Cláudio Guerreiro




publicado por Cláudio Guerreiro às 22:39
link do post | comentar

Segunda-feira, 30 de Abril de 2012
Livre Direto

Sharapova ganha a Azarenka em Estugarda

 

 

Neste último domingo , Maria Sharapova, atual nº2 mundial, levou de vencida a nº1 Victoria Azarenka, na final do Torneio WTA de Estugarda por 6-1 e 6-1. Depois de ter sido derrotada pela bielorrussa, este ano, em outras duas finais (no Open da Austrália e no Torneio de Indian Wells), a russa conseguiu conquistar-lhe a primeira vitória numa final de um torneio (anteriormente, haviam disputado 4 finais).

 

No 1º set , Sharapova mostrou muito mais agressividade que a adversária, conseguiu impor o seu ritmo de jogo mais facilmente e aproveitou bem todos os break points que teve a favor. Já no 2º set, Azarenka subiu de produção, mas Sharapova manteve o mesmo nível exebicional, factor que contribuiu para que finalizasse o jogo neste set.

 

É certo que Sharapova não é uma jogadora especialista em pisos de terra batida, mas a sua evolução nestes de há um ano para cá tem sido evidente. A russa é uma jogadora com um ténis de pontos mais curtos, mas hoje em dia, mesmo não o fazendo de forma perfeita, já se move com um relativo à vontade no fundo do court, deslizando um pouco melhor na terra batida. Neste  torneio, Maria Sharapova mostrou-se também como sendo uma jogadora com uma exclente fibra mental, uma vez que nos quartos-de-final , num jogo decidido num tie break e que teve um grande equilíbrio, eliminou a australiana Samantha Stosur (atual nº 5 mundial), depois de ter conseguido contrariar um match point.

 

No geral, Azarenka mostra ser uma jogadora mais completa, mas pode ver o seu lugar de nº1 ameaçado por a russa, que já demosntrou querer conquistar o próximo Grand Slam da temporada (Roland Garros).

 

Este é um encontro que já vem sendo muito usual, no circuito de ténis feminino, e comprova que são as duas tenistas em melhor momento de forma, actualmente. Caso não sejam atormentadas por lesões, penso que o título em Roland Garros cairá claramente para uma das duas. No entanto, o ténis feminimo já provou que nem sempre os resultados finais vão de encontro ao que era esperado antes do início dos torneios.

 

 

Por Cláudio Guerreiro


tags:

publicado por Cláudio Guerreiro às 19:08
link do post | comentar

Segunda-feira, 23 de Abril de 2012
Livre Direto

O Campeão Dortmund

 

 

O campeonato alemão conheceu este fim-de-semana o seu campeão. O Borussia de Dortmund renovou o título que conquistara na época transata, num jogo em que levou de vencida o outro Borussia, o de Monchengladbach, por 2-0 com golos de Perisic e Kagawa.

 

Mesmo sem a presença da sua principal estrela, Mario Gotze, devido a uma lesão de longa duração o Dortmund conseguiu levar por vencido o seu principal adversário nesta luta: o poderoso Bayern de Munique que tinha equipa para ser campeão, mas a luta para chegar à final da Champios, com final no seu estádio, pode ter sido um fator importante para uma menor regularidade de resultados a nível local.

 

O sucesso um ano depois deve-se também à manutenção de um conjunto de jogadores que já se conheciam da época anterior, uma vez que do onze base, apenas Nuri Sahin saiu. Com a ausência de Gotze, foi o médio ofensivo Shinji Kagawa quem se destacou mais e comandou a equipa até à vitória no campeonato. O médio japonês, que tem uma ótima capacidade de ditar o ritmo de jogo, já fora figura da equipa na época passada, dando continuidade à boa forma neste ano, marcando 13 golos em 29 jogos até à data. No entanto, apesar de algumas individualidades que se têm destacado o Dortmund vale mais pelo seu conjunto.

 

Em primeiro lugar, o guarda-redes alemão Weidenfeller, apesar de não ser um grande nome do futebol alemão, oferece muita segurança a uma defesa que por si já coloca os avançados adversários em sentido. No conjunto dos quatro defesas destaco os centrais habitualmente titulares, Hummels e Subotic, que têm potencial necessário para se tornaram centrais de elite, com especial vantagem para o alemão. As laterias também estão bem entregues a Piszczek a Schmelzer, que apesar de não serem excecionais, cumprem os seus papéis de maneira eficaz.


O meio campo, para além de Kagawa é composto por Großkreutz, Kehl, Gundogan e Kuba (Bender também figura muitas vezes entre os titulares). Este meio-campo junta criatividade e destruição na dose certa. O goleador desta equipa é o polaco Lewandowski que conta com 20 golos em 32 jogos e que conseguiu sentar no banco Lucas Barrios.

 

O próximo passo desta equipa é conseguir afirmar-se em pleno nas competições europeias, algo que o Bayern de Munique já vem conseguido há uns anos.

 

 


 

 

 

 

 



publicado por Cláudio Guerreiro às 22:35
link do post | comentar

Segunda-feira, 16 de Abril de 2012
Livre Direto

Liverpool aposta nas taças nacionais

 

Há algumas épocas arredado da luta pelo campeonato inglês, o Liverpool apostou claramente esta época nas taças nacionais: Taça da Liga e Taça de Inglaterra.

 

Na época passada, o 6 º lugar final custou caro ao Liverpool, uma vez que foi insuciente para para se conseguir qualificar para as competições europeias. De modo a evitar uma repetição disto, o clube deciciu dedicar-se com mais entrega às taças de forma a garantir, pelo menos, um lugar na Liga Europa. Pode-se ver agora que essa entraga deu frutos, uma vez que já conquistou a Taça da Liga perante o Cardiff do segundo escalão inglês, garantido já, deste modo, a presença na Liga Europa da próxima época desportiva.

  

Após esta conquista, o Liverpool poderia deixar um pouco de lado a Taça de Inglaterra para se concentrar a 100% no campeonato. No entanto, não foi isso que aconteceu, pois a equipa estará na final que se disputará a 5 de Maio no Estádio de Wembley, após ter eliminado o rival Everton, num jogo em que Luis Suárez e Andy Carroll deram a volta ao marcador na 2ª parte. Como adversário terá os londrinos do Chelsea que cilindraram o Tottenham por uns expressivos 5-1.

 

A chegada de um novo treinador, na época passada, e consequente adaptação dos jogadores a um novo técnico, assim como a saída de alguns jogadores-chave, como era o exemplo de Fernando Torres, o melhor marcador da equipa durante várias épocas, foram talvez algumas razões que estiveram na base desta quebra.

 

A vitória na Taça da Liga e a presença na final da taça de Inglaterra dão agora confiança a uma equipa que, num futuro próximo, pretenderá entrar novamente no lote de candidadatos à vitória na Premier League e às competições europeias. 



publicado por Cláudio Guerreiro às 19:00
link do post | comentar | ver comentários (3)

Segunda-feira, 9 de Abril de 2012
Livre Direto

Fim-de-semana de futebol jovem no Torneio Internacional da Pontinha

 


 

Realizou-se neste fim-de-semana de Páscoa o 31º Torneio Internacional de Futebol Infantil da Pontinha que contou com a presença de 8 equipas do escalão de Infantis e que teve Paulo Bento, selecionador nacional, como patrono. A nível nacional, contou-se com a presença do clube da casa, o Clube Atlético e Cultural, e dos chamados “3 grandes”: Benfica, FC Porto e Sporting. De fora de Portugal vieram o Barcelona, de Espanha, o Lyon, de França, o Shandong L.T., da China, e o PFC Academy, dos Estados Unidos.

 

Este torneio que consagrou o Benfica como campeão, numa final em que venceu o Sporting por 1-0, destaca-se por dar a conhecer aqueles que podem vir a ser os jogadores do futuro, não só das equipas nacionais, assim como das estrangeiras.

 

Num escalão em que a principal função é formar jogadores, já dá para ver que estão ali talentos que bem polidos conseguirão tornar-se jogadores de qualidade. Para além disso, este torneio deu para perceber que mesmo nas equipas mais jovens são incrementadas características de jogo específicas do próprio país ou do clube. É o caso do Barcelona que procura já fomentar nos seus jovens jogadores uma preocupação em ter uma grande posse de bola. Foi muito usual ver esta jovem equipa do Barcelona construir os ataques a partir de trás, ou seja, sem o típico pontapé para a frente do guarda-redes. Para além disso, apresentou também um meio campo com boa troca de bola. Nas equipas portuguesas há a destacar, não só a qualidade do meio campo, assim como a presença de guarda-redes bastante seguros.

 

Provavelmente, muitos dos jovens jogadores presentes nos clubes nacionais não chegarão a competir nos mesmos enquanto seniores, como vem sendo habitual nos últimos anos em Portugal. Numa altura em que se avizinham cortes nos orçamentos dos clubes devia-se perceber que é possível contornar a crise com a “prata da casa”. 



publicado por Cláudio Guerreiro às 00:46
link do post | comentar

Segunda-feira, 2 de Abril de 2012
Livre Direto

Luta pelo acesso aos lugares europeus em Itália

 


 

Quando parecia que a luta pelo 3º lugar, último lugar de acesso à Liga dos Campeões em Itália, estaria destinada a ser entre Lazio, Nápoles e Udinese, surge agora um novo candidato a essa posição: a AS Roma. Graças à derrota dos três, os romanos aproximaram-se dos lugares de acesso à Liga Europa (têm menos um ponto que o Nápoles e Udinese) e do 3º lugar, ocupado pela Lazio (a diferença para os rivais é de apenas 4 pontos).

 

Na jornada deste fim-de-semana, a Roma recebeu e venceu por 5-2 o Novara, que está atualmente em penúltimo lugar. Todos os golos da formação romana foram marcados por um jogador diferente: Marquinho, Pablo Osvaldo, Fábio Simplício, Bojan e Erik Lamela. Já para o Novara marcaram Carcciolo e Morimoto.

 

A Lazio foi ao estádio do Parma perder por 3-1. Marcaram para o Parma Floccari, por duas vezes, e Mariga. O autor do golo da equipa romana foi o lateral Scaloni. Com esta derrota a Lazio perdeu uma grande oportunidade de se afirmar no 3º lugar, que lhe daria a oportunidade de regressar à Champions.

 

Noutro duelo deste fim-de-semana, a Siena recebeu e venceu a Udinese por 1-0, com um golo de Mattia Destro. A equipa de Udine perdeu assim a oportunidade de voltar ao 3º lugar, que foi seu durante algumas jornadas.

 

O Nápoles perdeu também ele a oportunidade de se aproximar do lugar de acesso à Champions. A equipa napolitana foi a Turim, ao estádio da Juventus, perder por 3-0 (golos de Bonucci, Vidal e Quagliarella).

 

A mim, parece-me que é o Nápoles quem tem mais oportunidades de conquistar o lugar de acesso ao Play-off da Liga dos Campeões. Todas elas são equipas que têm algo a dizer na conquista dos lugares europeus, mas o Nápoles, devido ao seu passado recente, é aquela que terá mais hipóteses de lá ficar. O Inter ainda poderá entrar nesta luta, mas para isso é necessário ganhar uma consistência de resultados que não teve ao longo da época e esperar por mais deslizes destas quatro equipas. O confronto que opõe Lazio e Nápoles na próximo jornada poderá ser decisivo para esta luta.  



publicado por Cláudio Guerreiro às 20:14
link do post | comentar

Segunda-feira, 26 de Março de 2012
Livre Directo

Luta acesa pelo título

 


 

Se em Espanha e Inglaterra a luta pelo título parece que vai durar até ao fim, em França, Alemanha e Itália a história será idêntica. Se em muitos outros anos havia sempre alguma equipa que se destacava no comando e parecia ser a única candidata à conquista do campeonato do seu país, este ano em todos estes campeonatos referidos a disputa será no mínimo entre duas equipas.

 

Começando pelo campeonato alemão, a luta parece resumir-se ao “eterno” candidato Bayern de Munique e ao atual campeão em título Borussia Dortmund. Faltando 7 jornadas para o final do campeonato a distância que separa o Borussia de Dortmund (1ºclassificado) do Bayern  de Munique é de 5 pontos, distância essa que pode até ser facilmente encurtada, dependendo claro dos restantes jogos que faltem. O jogo que opõe as duas equipas pode também ele ser essencial para decidir qual será o vencedor da Bundesliga deste ano. Embora com menos hipóteses, o Schalke 04 ainda permanece na luta.

 

Em Itália, a luta também promete ser renhida até ao término da Serie A. Juventus e AC Milan desde certa altura começaram a perfilar-se como os mais sérios candidatos à conquista do scudetto. O Inter de Milão que noutras épocas poderia ser um candidato à vitória cedeu esse lugar à equipa de Turim. Ambas apresentam um calendário com algumas equipas mais acessíveis, mas também terão de lutar contra algumas que lutam por um lugar na Europa, fator esse que pode alterar os 4 pontos que têm de diferença (com vantagem para o AC Milan).

 

Já em França, a disputa é bastante diferente do que se estava à espera. Se o PSG poderia ser visto como um candidato, face à qualidade dos jogadores que contratou, já o Montpellier não estava, à partida, entre os favoritos à conquista do campeonato francês. Atualmente estão empatadas no topo da classificação, se bem que o PSG já chegou a ter vantagem de alguns pontos, e qualquer erro pode custar caro e ditar o adeus ao título. Mais longe seguem Lille, Toulouse e Lyon, respetivamente, que, certamente, já não terão hipóteses de chegar a esta luta. Esta competitividade do campeonato francês permite que, pelo quarto ano consecutivo, se possa vir a conhecer um campeão diferente desde que terminou a hegemonia do Lyon.



publicado por Cláudio Guerreiro às 19:11
link do post | comentar


pesquisar neste blog
 
Equipa Minuto Zero'
Links
Também Tu Podes Participar!

Participa na Equipa Minuto Zero'

subscrever feeds
Arquivo

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010