Sábado, 25 de Setembro de 2010
Nba - A decisão de LeBron
Este foi o grande tema de conversa da NBA este Verão. Tornou-se quase uma autentica "soup opera" à americana. No final, conferência de imprensa com direito a transmissão televisiva em directo: um "show off" incrível em torno de um dos maiores jogadores da NBA.

Resultado? A possibilidade de formar um trio de All-Stars com Dwayne Wade e Crish Bosh em Miami, na procura de um título que tanto procurou em Cleveland.
Ganhou ainda o direito a que lhe queimassem as camisolas com o seu nome que, na cidade que foi "sua" durante 7 anos, tantos envergaram outrora com orgulho... A verdade é que está no seu direito e certamente percebeu que continuar por lá não seria a decisão correcta para um jogador que quer ser o melhor.

Em Miami, um verdadeiro milagre de gestão permitiu ao clube juntar estas 3 pérolas. Dwane Wade, ídolo da cidade, tem de ver-se agora a contas com outro super ego, o de LeBron, sendo que Bosh certamente passará mais despercebido, se é que isso é possível...

Fonte: Overoll.com
Quanto ao resto da equipa, ou seja, quanto aos "outros", será muito por aí que se jogará o ganhar ou não do campeonato.

A grande questão para esta equipa é saber se no todo do plantel hà capacidade suficiente para ser campeão e jogar bom basket ... Como equipa.

Para as posições de base mantém-se Chalmers, um miúdo com talento em quem muitos apostam para ser uma espécie de Raja Rondo de Miami. O problema será saber se isso vai mesmo acontecer.

Depois, para a posição de poste, aparecem o velhinho Ilgauskas (que vem com LeBron de Miami) que defende muito mas já não tem pernas para grandes minutos. Haslen poderia ser uma solução, mas está a contas com problemas com a justiça americana, sendo acusado de posse de drogas.

Chegaram para a reserva nomes interessantes, que aceitaram abdicar de grandes salários em nome do inscrever o seu nome na história da NBA, sendo escudeiros do trio milionário.
Mike Milner, garante força no tiro exterior, Eddie House, experiência e muitos triplos, Magliore e Jowan Howard muitos centímetros debaixo do cesto.

Resta esperar para ver no que a equipa vai dar. Mas vale a pena pagar o bilhete nem que seja só para ver os 3 reis jogarem do mesmo lado do campo.


By Tiago Santos


publicado por Minuto Zero às 16:19
link do post | comentar

Destaque liga portuguesa - Diogo Salomão
Olhando para o Sporting, causa estranheza um clube que no passado tanto (e muitas vezes tão bem) apostou em jovens jogadores para a equipa principal.
Veio só esta época para o clube de Alvalade, vindo do Real Massamá, mas na pré-época mostrou pormenores de deixar água na boca. Rápido, com alguma capacidade de choque  (1,76m), embora ainda franzino, é um extremo esquerdino que vive de desequilíbrios no 1x1 (ou 1x2.. 1x3 .. como no jogo com o Lille), conseguidos através de uma excelente capacidade técnica e elegância. De resto, faz lembrar bastante Nani nos seus primeiros tempos de Sporting, quando Paulo Bento o lançou na  1ª equipa e logo ali se viu que aquele miúdo tinha algo de especial.
Diogo Salomão causa, pelos poucos minutos que jogou esta temporada, o mesmo tipo de impacto.

Pergunta-se então: Porque não tem jogado mais? Dizem que o Sporting o têm hà 3 meses "fechado" no ginásio para ganhar massa muscular. A grande questão é até que ponto isto é benéfico para este tipo de jogador. Certamente ganhará mais resistência muscular, mais força no choque, mas irá perder agilidade, ganhar peso, perder velocidade de ponta, capacidade de aceleração em espaços curtos, com e sem bola (a não ser é claro que estejamos perante um portento físico como é Cristiano Ronaldo, um verdadeiro super-atleta).
Lembre-mo-nos de Nani, Djaló ou, por exemplo, de Robinho ou até mesmo de Ronaldo Fenómeno. Em quantos destes casos este "enrijamento" não modificou o jogador, adulterou as suas principais características, velocidade, agilidade, imprevisibilidade com bola? Sinceramente, de todos, só Nani não terá perdido assim tanto - sobretudo porque entende o jogo como um médio, muitas vezes vindo atrás buscar a bola e embalando depois; ou porque em Manchester esse crescimento é feito de forma sustentável, como aconteceu com C.Ronaldo.
Se ganha mais fãs (mulheres) ao tirar a camisola quando marca um golo, perde na capacidade para jogar futebol daquela forma alegre e despreocupada de um extremo rápido que parece cair como uma pena na área quando um central de metro e 90 o atropela - quase tão rápido como se ouve de seguida o apito do arbitro a marcar grande penalidade de seguida.
Não seria melhor dar-lhe minutos e permitir-lhe ganhar competências técnico-tácticas diferentes em vez de se insistir com este trabalho físico intenso? Não que ele não possa acontecer e não seja necessário por vezes, mas talvez deva ser acompanhado com minutos ... e bola.

Fonte: Centenário Sporting
By Tiago Santos



publicado por Minuto Zero às 15:50
link do post | comentar | ver comentários (2)

Destaque liga portuguesa - David Simão
Chegou esta época ao Paços, depois de um ano emprestado ao Fátima da liga de Honra. Ex-júnior do Benfica, onde era capitão embora nem sempre titular, cumpriu uma boa época já como sénior no Fátima, onde Rui Vitória apostou nele sobretudo como médio-ala.
Este ano, com Rui Vitória também como treinador, aparece pela primeira vez no principal escalão do nosso futebol, emprestado mais uma vez pelo Benfica, jogando sobretudo como vértice ofensivo do triângulo do meio campo pacense.
Esquerdino, dono de boa técnica, parece ter "olhos" em todo o corpo, tal a forma como descobre linhas de passe. Trata-se, aos 20 anos, de um dos jogadores mais interessantes desta nova fornada de talentos que chegou ao nosso campeonato.
Ainda não se impôs como titular, falta-lhe mais um pouco de "fôlego" para aguentar as necessidades que o futebol sénior impõe. Precisa de ganhar intensidade no seu jogo para conseguir explanar o seu talento. Se o conseguir está aqui um jogador muitíssimo interessante.

Fonte: JornalTVs.net
By Tiago Santos


publicado por Minuto Zero às 15:28
link do post | comentar | ver comentários (1)

Destaque liga portuguesa - Lulinha
Chamaram-lhe em tempos o novo Ronaldino Gaúcho. Hoje, joga no Olhanense por empréstimo do Corinthians. Tem 20 anos e passa pela sua segunda época no futebol nacional após um ano na Liga de Honra ao serviço do Estoril Praia.

Fonte: Blog Vivaobenfica
Fortíssimo na forma como lê o jogo, com técnica acima da média e boa capacidade de passe, falta-lhe ganhar mais ritmo de jogo e tornar-se um jogador mais intenso. Trata-se de um médio ofensivo que pode actuar no centro ou descaído para uma das faixas. Mas é no centro que o seu futebol mostra o verdadeiro perfume: lançando a equipa no momento ofensivo como um 10, em busca de colocar a bola pelo buraco da agulha num colega do sector avançado.

O talento está lá. Aos 20 anos ainda não é tarde para descobrir um bom jogador. 
A seguir muito de perto.

By Tiago Santos


publicado por Minuto Zero às 15:16
link do post | comentar

Sexta-feira, 24 de Setembro de 2010
Campeonato Nacional de Futsal 1ª Divisão - Perspectiva de época
Fonte: Fórum Aposta Ganha
Com 2 jornadas disputadas algumas ilações podem ser retiradas, sobretudo acerca de como será a luta pelo Título Nacional de Futsal.

Benfica (2 vitorias) e Sporting (1 vitoria e 1 empate) surgem, desde logo, como as equipas teoricamente mais fortes. De resto, as duas formações de Lisboa representarão esta temporada o nosso país na UEFA Futsal Cup, prova mais importante da UEFA ao nível de clubes - que o Benfica como campeão dessa mesma competição na última temporada (prova que o MINUTO ZERO acompanhou!) procura vencer novamente, entrando apenas em prova na ronda de elite. Quanto ao Sporting, surge na prova como campeão nacional, e iniciará a prova nos próximos dias entrado na fase de qualificação.

São claramente duas formações de topo, com planteis recheados de internacionais, que podem vencer qualquer equipa europeia ou mundial, isto porque apesar de os seus orçamentos não serem astronómicos, a sua organização e a qualidade dos treinadores e planteis é claramente de top.

Num olhar mais pormenorizado, o Benfica campeão europeu perdeu esta temporada o jogador mais desequilibrador do nosso campeonato: Ricardinho, que partiu para o Japão. Para o seu lugar chegou um internacional brasileiro: o jovem Diece, vindo de Minas Gerais, ala de vocação, tecnicamente dotado, forte no 1x1. Mostra ainda um bom aproveitamento em termos defensivos, pelo que pudemos observar nos primeiros jogos (2 golos) parecer ser um jogador acima da média, para marcar o nosso campeonato e tornar-se mais uma estrela deste Benfica. Só o tempo o dirá.

Fonte:
                                                                      futsalglobal.com

Saíram ainda o guarda-redes Zé Carlos, o fixo internacional português Zé Maria (para o rival Belenenses) e ainda Pedrinho, ala-pivô espanhol de 35 anos.
Para o seu lugar entraram o guarda-redes Victor Hugo (ex-Fundação), Diego Sol  (fixo, ex-Belenenses) e Teka (ala, ex-Sporting sub-19). No caso dos 2 primeiros são jogadores de indesmentível qualidade, sendo o 3º um jovem em quem Paulo Fernandes (técnico que veio também do outro lado da segunda circular, substituindo André Lima) aposta muito e que ainda tem tão só 19 anos.

Quanto ao Sporting, que aponta esta época para um presença na Final Four da UEFA Futsal Cup, reforçou-se também no mercado para colmatar algumas percas: de entre as quais se destaca Café, ala internacional brasileiro, que voltou à "pátria-mãe" para jogar no Krona, uma das melhores formações brasileiras.

Chegaram do Belenenses Pedro Cary (fixo) , Marcelinho e Paulinho (ambos alas) ,ainda Mário Freitas (ala ex-Mogadouro) e Leitão, pivô brasileiro naturalizado português que jogava em Espanha, no Lobelle Santiago, tendo na época passada marcado mais de 20 golos naquele a quem muitos chamam o melhor campeonato do mundo.

Destaque ainda para Orlando Duarte, novo treinador do Sporting após vários anos ao comando da Selecção Nacional, que promete dar um novo ânimo - sobretudo ao nível europeu ao clube de Alvalade, para não deixar o Benfica fugir em termos de palmarés.


Fonte:
                                                                    leitaofutsal.com.br

Por fora, corre o clube de Belém orientado mais uma vez por Alípio Matos, que viu o seu plantel sofrer 13(!) alterações, perdendo, de resto, como já referido, algumas das suas referências para os mais directos rivais na luta pelo título.
Destaque para as chegadas de Israel, Formiga e Zé Maria - todos eles jogadores internacionais por Portugal - e ainda do pivô André, vindo do São Paulo.

Quanto aos "outros" da nossa liga, não deverão surgir outros candidatos ao título, sendo que clubes históricos como Freixieiro e Fundação Jorge Antunes, devido aos problemas de tesouraria tão próprios deste momento de crise, viram os orçamentos para esta época cortados radicalmente, sendo que a aposta passa agora sobretudo pela formação.

By Tiago Santos


publicado por Minuto Zero às 23:06
link do post | comentar

Quinta-feira, 23 de Setembro de 2010
Marcelo Toscano
Chegou do Brasil com o rótulo de médio de criação ofensiva, o nº10 que Manuel Machado tanto queria para o seu Guimarães em 4x4x2 losango. Custou cerca de 400 mil euros aos cofres vimaranenses.
No seu primeiro jogo contra o Nacional marcou 3 golos, um dos quais de grande penalidade, deixando água na boca aos milhares de adeptos vimaranenses... E não só.

Nessa partida, Manuel Machado testou-o como 10, médio ofensivo entre linhas no 4x4x2, mas foi depois de mexer na equipa e colocar Toscano como avançado solto ao lado de Edgar, procurando receber a bola nos últimos 30m, e assim embalar em drible procurando movimentos de ruptura, que o brasileiro mais brilhou.
Não se trata de um médio de criação, mas sim de um avançado que procura movimentos interiores de aproximação à área adversária com a bola e sem ela; inteligente na forma como se movimenta, boa técnica e rápido "qb" para deixar os defesas da nossa liga aos papeis. Para além disto, tem remate fácil como provam os outros dois golos marcados ao Nacional.

Já se fala no interesse do Bolton de Inglaterra. Claramente um jogador acima da média que precisou mais do que uns meros minutos para se adaptar ao futebol português.

Fonte: 
                                                                 globoesporte.globo.com


By Tiago Santos


publicado por Minuto Zero às 19:22
link do post | comentar

Liga Zon Sagres - Notas
Sigam-nos de perto ... 

Olhando para as primeiras jornadas do nosso campeonato saltam à vista alguns nomes de jogadores, uns desconhecidos, outros catedráticos do nosso futebol que foram "reciclados".


João Moutinho

De capitão do Sporting a pedra essencial do meio-campo do Vilas Boas no Dragão afinal vai um passo...
Estes primeiros jogos do pequeno Moutinho (parece impossível mas tem ainda 24 anos...) revelam um jogador mais feliz, que depois de uma época bastante abaixo do seu habitual nível, se reencontrou com os bons momentos no novo meio-campo dos Dragões, como interior, e sobre a direita,ao fazer a ligação entre Fernando, pivô, e Belluschi, interior com mais vocação ofensiva. O seu futebol são 90 minutos de esforço, quase sempre em corrida, na busca dos espaços vazios, tanto no momento ofensivo na procura da bola para iniciar a transição com um passe curto, como no momento defensivo na tentativa de tapar cada metro de linha de passe do adversário. Curioso é que corre cada vez menos para fazer isto... confuso não? É simples: cada vez entende melhor o jogo, respeitando a sua casa táctica, percebendo as dinâmicas da sua equipa e também dos adversários. 
Um daqueles que só percebemos o quanto joga quando vemos jogar 90 minutos, tirando os olhos da bola e percebendo que tudo o que ele faz tem um motivo.
Poderá ser esta a sua grande época de afirmação de João Moutinho como um jogador de nível internacional?(entenda-se jogador de top como jogador indiscutível de selecção  que pode dar o salto para um "grande" europeu")

retirado de:
                                                                           record.xl.pt

By Tiago Santos


publicado por Minuto Zero às 16:40
link do post | comentar

Liga Zon Sagres - Notas
Que Benfica??

O campeão Benfica teve um início de época problemático, que se repercutiu em 3 derrotas nos primeiros 4 jogos. No entanto, sinais positivos começam a surgir que indiciam que o bom futebol da época passada poderá estar de volta. A questão física, relacionada com a participação de vários jogadores essenciais no campeonato do mundo e os "erros" da arbitragem são dados importantes mas como aquilo que gosto de analisar é o futebol ao nível do relvado, onde se pode quase cheirar a relva e ouvir o som da bola ao sair do pé de um jogador mais talentoso com carinho. Olhemos então para o que é este "novo" Benfica:

As saídas de Di Maria (Real Madrid) e Ramires são, como é óbvio, dados essenciais numa equipa que vivia muito das suas tradições ofensivas rápidas - sendo que o argentino era sem sombra de dúvida o mais forte no 1x1 de todo o plantel e Ramires era o "companheiro" de sector ideal para o pivô defensivo Javi Garcia, um box-to-box moderno, com uma capacidade física descomunal e argumentos técnicos e tácticos raros que desde cedo mostrou que estava destinado a um campeonato de top.

Perdidas estas duas figuras do plantel, as soluções que o clube encontrou apenas terão visado o caso da substituição de Di Maria, como flanqueador, que parte da meia esquerda do losango de J.Jesus - lugar para o qual chegou Nico Gaítan. Para já, este argentino tem mostrado algumas dificuldades em impôr o seu futebol, sobretudo porque não tem as mesmas características de Di Maria, e por isso mesmo a melhor forma lhe dar um melhor rendimento será a equipa perceber qual a forma mais adequada de potenciar o seu futebol: não se trata de um jogador vertical como Di Maria, não é tão rápido nem tão forte no 1x1, é sim um jogador mais inteligente na forma como se movimenta, aproveita espaços interiores muitas vezes em trocas posicionais com Aimar, tirando proveito da sua finta curta, agilidade e capacidade de passe. Na Argentina, jogava como 2º avançado nas costas de Palermo, ponta de lança "estilo" Cardozo. No Benfica, estas novas funções exigem que esteja de forma diferente no jogo, e é claro o ritmo do futebol europeu exige uma maior intensidade de jogo. No entanto, o talento deste jogador é inegável, é importante não esquecer que Di Maria passou 2 anos na penumbra quando chegou a Portugal...

Para o lugar de Ramires não entrou um novo box-to-box. Falhada a contratação de Wesley (Santos), parece não ter existido uma certeza quanto a qual poderia ser o substituto do brasileiro que partiu para Inglaterra. Desta forma, são Ruben Amorim e Carlos Martins quem parece ser os mais indicados para este lugar, apesar de Salvio, em certos momentos, poder aparecer também sobre a direita, não com as mesmas funções box-to-box, mas sim como um ala puro. Parece ser este o ponto mais problemático deste "novo" Benfica.

Roberto continua a ser um verdadeiro mistério: entre os postes parece um guarda-redes com enorme potencial, talvez mesmo de top; mas quando tem de sair e jogar mais avançado, o que acontece muitas vezes pois o Benfica sobe muito a sua linha defensiva na maioria dos jogos, surgem os problemas que, com trabalho e confiança crescente, poderão ser progressivamente solucionados.

Ponto positivo parece ser Jara: talentoso e com aquele estilo típico dos argentinos, guerreiro, incansável, é um avançado móvel, com boa técnica e uma enorme margem de progressão, resta dar lhe minutos e ter paciência - tal como com Gaitan ou Salvio.


retirado de: 
                                                             vermelho1904.blogspot.com

Em suma, o problema tem sido a vontade exagerada de querer jogar da mesma forma do ano passado, mas este novo Benfica tem jogadores diferentes, baixinhos, cheios de técnica e qualidade, mas que não permitem ter uma equipa tão explosiva nas transições ofensivas. O caminho poderá ser a posse de bola e o ataque organizado, tabelas curtas e muita criatividade na forma como se inventa os espaços. Só o tempo dirá que Benfica será este... a verdade é que não existem 2 jogadores iguais.

By Tiago Santos


publicado por Minuto Zero às 16:13
link do post | comentar

Quarta-feira, 22 de Setembro de 2010
NOVA TEMPORADA
Boa noite ouvintes (neste caso na versão de leitores :)) e bem vindos à nova temporada do vosso programa de desporto favorito !

A partir desta semana este blog será actualizado diariamente com artigos de opinião, os quais puderão comentar e assim também dar as vossas opiniões acerca do universo do Desporto.

Cumprimentos

Equipa Minuto Zero!

tags:

publicado por Minuto Zero às 20:53
link do post | comentar

pesquisar neste blog
 
Equipa Minuto Zero'
Links
Também Tu Podes Participar!

Participa na Equipa Minuto Zero'

subscrever feeds
Arquivo

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010