Domingo, 15 de Abril de 2012
Área de Ensaio

Campeonato ao rubro

 

 

    A fase final da Divisão de Honra que se iniciou na passada semana, trouxe este fim de semana mais jogos de qualidade e um novo líder na luta pelo titulo. Com quatro jogos para disputar, CDUL, Agronomia e Direito ainda podem ambicionar o título.

    No sábado, o GD Direito deslocou-se até Coimbra para defrontar a equipa da Académica. Ambas as equipas vinham de derrotas na jornada inaugural, mas o GD Direito tinha mais a perder, uma vez que uma derrota praticamente tirava a equipa da luta pelo título.

    Em relação ao jogo passado, o GD Direito apresentou algumas alterações, João Correia entrou para a 1ª linha, Gonçalo Malheiro e José Pinto formaram a dupla de médios e nas linhas atrasadas, Adérito Esteves e Miguel Leal foram também novidades. Já a equipa da casa notava apenas uma alteração, com a entrada de André Matias para a 2ª linha, mantendo-se os cincos estrangeiros da equipa a jogar de inicio.

    O resultado final foi de 25-11 a favor do GD Direito, mas o resultado podia ter sido mais dilatado. Sem fazer um jogo de grande nível, os "advogados" conseguiram criar várias situações de perigo e sobretudo colocar o poder que têm nos defesas em jogo (a isto não será estranho a nova dupla de médios) e a Académica nunca conseguiu contrair esse domínio. Mais uma vez ficou provado que a equipa de Coimbra ainda não tem capacidade de se bater de igual para igual com os principais candidatos e desta forma o GD Direito continua a poder ambicionar o titulo.

    Na Tapada, a Agronomia recebeu o CDUL num jogo que colocava frente a frente os dois primeiros classificados desta fase. A Agronomia entrou em campo com vantagem pontual, mas o CDUL sabia que uma vitória colocaria a equipa na liderança da prova.

    A Agronomia apresentou-se ainda sem Cardoso Pinto e com Francisco Mira ainda na posição "10", enquanto que o CDUL viu regressar Pedro Cabral para médio de abertura, passando Penha e Costa para a ponta e saindo Appleton do XV inicial.

    Contudo uma equipa que apresenta nas linhas atrasadas homens como Frederico Oliveira, Gonçalo Foro, Carl Murray e Pedro Cabral tem de ser sempre candidato e neste momento o CDUL parece ser o mais forte pretendente ao título nacional.

    Mais do que a vitória 40-19, ficou expressa a superioridade do CDUL sobre uma equipa da Agronomia que parece algo perdida na manobra ofensiva sem Cardoso Pinto. A verdade é que neste momento é a Agronomia que se vê atrás na classificação e a necessitar de esperar que o CDUL perca pontos. Quatro jogos, quatro finais e muita expectativa em saber como serão os próximos jogos.

    O CDUL lidera com 12 pontos, o Direito segue com 9, Agronomia com 8 pontos e a Académica está na última posição com 1 ponto.

Na fase de descida, o Belenenses continua o seu "passeio", provando mais uma vez que o seu lugar não é definitivamente neste "campeonato". Os "azuis do Restelo" receberam e venceram o Benfica por 43-27, mostrando a sua superioridade, enquanto que a equipa benfiquista mostrou que ainda não está ao nível em condições de disputar o 1º lugar nesta fase.

    O CDUP veio até Lisboa vencer o Técnico por 22-20, acentuando ainda mais a crise do Técnico que parece cada vez mais incapaz de fugir à despromoção. A equipa do Norte continua a fazer um trajecto tranquilo.

    Nesta altura o Belenenses é líder com 12 pontos, Benfica e CDUP seguem com 7 e o Técnico é último com 2 pontos.

 

By Pedro Santos



publicado por Pedro Santos às 20:01
link do post | comentar

pesquisar neste blog
 
Equipa Minuto Zero'
Links
Também Tu Podes Participar!

Participa na Equipa Minuto Zero'

subscrever feeds
Arquivo

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010