Sexta-feira, 9 de Março de 2012
3x4x3: Liga Europa em revista

 

1. Não poderia passar em claro: enorme vitória do Sporting frente ao lider da Premier League Manchester City. Mais do que a discussão da eliminatória, fica clara a ideia que de facto os leões tem no seu plantel soluções capazes de lutar por algo mais do que o conseguido esta temporada.

No Ethiad, o nível de dificuldade pode crescer, mas a verdade é que a equipa de Sá Pinto marcou uma clara posição frente a um colosso do futebol europeu, mas que vem demonstrando dificuldades na Europa, sobretudo fora de portas.

Terá de ser um Sporting cuidadoso, mas sem esquecer que marcando terá a vitória na eliminatória na mão. Com Xandão em principio titular ao lado de Polga (a mais improvável das duplas leoninas), está garantida a capacidade sobretudo no jogo aéreo, mas a verdade, é que apenas com duplo-pivot na frente dos centrais, este Sporting europeu ganha consistência.

A chave do jogo do City esta na movimentação entre linhas de David Silva e Aguero, aparecendo em zonas do terreno diferentes ao longo dos 90 minutos. Com Dzeko, mais posicional, ficou facilitada a tarefa de Xandão. Em Inglaterra, o enfant terrible Balotelli deverá regressar à titularidade, mais móvel em combinações com El Kun Aguero.

Mais do que falar de nomes, será sem dúvida mais um duro teste, à maturidade deste Sporting mas também à capacidade de resposta da equipa orientada por Roberto Mancini, que certamente quererá na próxima temporada estar na discussão pela Liga dos Campeões.

 

2. Esperava-se um grande jogo em Old Traford, na recepção do Manchester United ao Atletic Bilbao de Bielsa, mas as expectativas foram totalmente ultrapassadas. No teatro dos sonhos, a formação manteve-se fiel a si mesma, com posse de bola e futebol apoiado. Notaram-se alguns erros defensivos, que provocariam para além de dois golos sofridos algumas outras situações para o United, mas a verdade é que o futebol de toque e movimento da equipa de Bielsa acabaria por surpreender a Europa do futebol num jogo fabuloso, dentro e fora de campo.

É reconhecida a capacidade do Atletic em casa, puxado pelos seus fervorosos adeptos, mas a chegada do ex-seleccionador argentino levou esta equipa para uma outra dimensão. Para além do bom futebol, vai demonstrando qualidade, com jogadores como Muniain, Martinez ou Llorente a mostrarem que de facto podem jogar em clubes de maior dimensão. Para além destes, revelações como De Marcos, Ander ou Iturraspe deram aos bascos um estilo decalcado no futebol do Barcelona de Pep Guardiola, mas com uma dimensão física tipicamente basca.

Para a segunda mão, as expectativas são ainda maiores, depois do heroico 3-2 no teatro dos sonhos... na próxima semana será a Catedral de San Maméz a receber duas das equipas que mais empolgantes do velho continente.

 

By Tiago Luís Santos



publicado por Minuto Zero às 21:50
link do post | comentar

pesquisar neste blog
 
Equipa Minuto Zero'
Links
Também Tu Podes Participar!

Participa na Equipa Minuto Zero'

subscrever feeds
Arquivo

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010