Segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2012
Livre Directo

AS Roma goleia Inter de Milão

 

 

A jornada deste fim-de-semana do campeonato italiano ficou marcada pelo facto de nenhum dos cinco primeiros classificados ter conseguido ganhar. Os dois primeiros, Juventus e AC Milan, empataram 0-0 como Siena e Nápoles, respectivamente. Já Udinese e Lazio foram derrotadas por 3-2 por Fiorentina e Génova, respectivamente. Por fim, o 5º classificado, o Inter de Milão perdeu contra a Roma por 4-0, naquele que pode ser considerado o jogo da jornada. Marcaram para os romanos Juan, Borini por 2 vezes e Bojan. Face as estes resultados, pode-se dizer que foi também a Roma a grande vencedora da jornada, pois ganhou pontos a todas as equipas que estão à sua frente na classificação. A equipa da capital italiana pode nem estar na luta pelo título, mas estes foram pontos importantes rumo à conquista de um lugar na Europa.

 

No jogo de ontem, o Inter de Milão demonstrou mais uma vez que está longe de ser a equipa que era há duas épocas atrás. Ranieiri escolheu um 11 bastante defensivo e ao intervalo quando já perdia por 2-0 retirou um avançado e colocou um médio. Aqui o treinador pareceu logo demonstrar que pretendia evitar um resultado mais volumoso. É verdade que não tinha um banco com muitas soluções, uma vez que tinha 4 defesas como suplentes, mas isso não explica a péssima qualidade de jogo que a equipa apresentou.

 

No entanto, não foi só por demérito do Inter que se chegou a resultado tão dilatado. A Roma, uma equipa em construção e com muito potencial,

apresentou uma garra e uma qualidade de jogo que não justifica o lugar em que estão actualmente. A equipa romana encontra-se em 6º lugar a 2 pontos do adversário de ontem, e caso ganhe o jogo que tem em atraso passará para 5º, mantendo-se assim na luta por um lugar nas competições europeias. Esta classificação é resultado de se estar perante uma equipa que teve muitos reforços para esta época, factor esse que contribuiu para um início de época menos bom. Pouco a pouco, Luís Enrique vai conseguido montar uma equipa que promete dar que falar, não só a nível colectivo, mas também como a nível de valores individuais.

 

Tanto na baliza, com a presença do holandês Stekelenburg, como na defesa, com destaque para o lateral esquerdo José Ángel, a equipa parece estar bem servida.

 

O meio-campo é o que faz diferença nesta equipa, como também se pode ver no jogo da passada jornada. De Rossi, Fernando Gago e Pjanic formam uma tripla que permite destruir e construir jogo com muita qualidade. A estes três jogadores junta-se o argentino Erik Lamela, um jogador com um enorme potencial, e o “eterno” Totti que, embora diferente de há uns anos para cá, continua a ser a voz de comando e a demonstrar a mesma qualidade técnica.

 

Já na frente, os 3 avançados do plantel garantem qualidade suficiente no que toca à finalização. Pablo Osvaldo é aquele que mais tem jogado, tendo já 7 golos em 15 jogos no campeonato. No entanto, Borini também tem apresentado um bom rendimento na ausência do argentino naturalizado italiano, levando já 5 golos em 14 jogos na Série A. O terceiro avançado, o espanhol Bojan, embora apresente exibições algo inconstantes, tem 4 golos em 18 jogos.

 

Esta exibição da Roma serviu para demonstrar que a equipa pretende voltar aos primeiros lugares do campeonato novamente. Cabe a Luís Enrique trabalhar da melhor forma, para que isso possa acontecer.

 

 

Por Cláudio Guerreiro



publicado por Cláudio Guerreiro às 20:46
link do post | comentar

pesquisar neste blog
 
Equipa Minuto Zero'
Links
Também Tu Podes Participar!

Participa na Equipa Minuto Zero'

subscrever feeds
Arquivo

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010