Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2012
Livre Directo

O "peso" dos milhões

 


 

Muitas das grandes equipas internacionais deparam-se com alguns problemas a nível de resultados e para o corrigir pagam avultadas somas de modo a conseguir os direitos desportivos de um avançado que tenha a capacidade de colocar um fim aos problemas na zona de finalização. No entanto, as quantias elevadas das transferências funcionam, muitas vezes, como pressão para os jogadores.

 

Os exemplos mais significativos desta situação têm sido Fernando Torres do Chelsea e Andy Carroll do Liverpool que se transferiram para os clubes que representam no mercado de Inverno da época transacta. Abramovich não olhou a meios para garantir a contratação de Torres, tendo pago 58 de milhões de euros ao seu antigo clube, o Liverpool, para o levar para Londres. Já no caso do avançado inglês o Liverpool pagou cerca de 40 milhões de euros ao Newcastle para adquirir o passe de um dos que era apontado como o futuro ponta-de-lança da equipa nacional.

               

Apesar de serem avançados com características de jogo diferentes (Torres é mais móvel, Carroll fica um pouco mais fixo na área), sempre apresentaram um grande número de golos por época.

 

Torres já era visto como um dos grandes avançados da Europa tendo marcado muitos golos pelos seus antigo clubes (Atlético de Mardid e Liverpool), mesmo que alguns problemas físicos o tenham limitado. A sua entrada no Chelsea permitiu-lhe sonhar em ganhar grandes títulos de clubes, uma vez que pela Selecção espanhola já ganhara o Campeonato da Europa e o Mundial. No entanto, o valor pago não correspondeu exactamente a muitos golos marcados. Desde Janeiro até agora o avançado espanhol marcou apenas 5 golos em 42 jogos oficiais pelo seu clube.  Apesar de algumas exibições bem conseguidas, está longe de convencer os adeptos blues.

               

No caso do avançado inglês os números são pouco diferentes, uma vez que em 31 jogos Andy Carroll apresenta um saldo de 6 golos apenas. Só que no caso do avançado inglês existem outras condicionantes que podem justificar estes números, pois muitas são as notícias que saem na imprensa britânica acerca do seu excessivo consumo de álcool. Para além disto os adeptos do Liverpool têm sempre em mente que Luis Suarez, seu companheiro de equipa, custou muito menos e tem apresentado um rendimento muito melhor.

               

Muitos têm sido também os rumores que ditam que ambos estão na lista de transferências dos respectivos clubes, no entanto os seus treinadores têm vindo a público desmenti-lo. Por vezes, evita-se discutir o preço das transferências como estando directamente relacionado com o rendimento dos jogadores, mas a verdade é que pode ser um factor preponderante. Estes exemplos podem até não ser representativos da maioria, mas não se pode negar que isto está sempre na mente dos jogadores, por mais que eles o desmintam, contribuindo em grande parte para o fraco rendimento desportivo.

 

 

Por Cláudio Guerreiro



publicado por Cláudio Guerreiro às 17:59
link do post | comentar

1 a zero:
De João Perfeito a 23 de Janeiro de 2012 às 19:21
Na verdade estes são exemplos de que o dinheiro não compra o mais importante. Na verdade se compararmos as qualidades de Andy Carroll com Lima do Braga por exemplo concluimos que o bracarense é claramente superior. Em Portugal temos a mania que jogadores rotulados de estrelas no estrangeiro são craques de outro planeta. Mas na verdade em Portugal sem tanto investimento produzem-se jogadores de melhor qualidade. Na verdade o Manchester City por exemplo pode gastar cerca de mil milhões de euros em 5/6 anos (a continuar assim) em jogadores, mas não vai conseguir nunca aquilo que uma equipa como o Braga (orçamento de 3 milhões de euros) fez chegar a uma final europeia. São competências diferentes e a estrutura não há dinheiro que pague.


Comentar post

pesquisar neste blog
 
Equipa Minuto Zero'
Links
Também Tu Podes Participar!

Participa na Equipa Minuto Zero'

subscrever feeds
Arquivo

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010