Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2012
3x4x3: Futebol do país do Galo

 

Por França a League 1 vai conhecendo um novo líder, o "novo-rico" Paris de Saint-German, clube da capital que mais de uma década depois do ultimo título parece de novo no caminho das vitórias.

 

Agora liderado por Carlo Ancellotti, que substitui em Janeiro Kombouaré, o clube parisiense parece querer crescer agora para fora dos limites do seu país futebolistico. A intensão será não só a conquista do título esta temporada como também uma boa campanha na próxima Liga dos Campeões.

A Europa, foi de resto para já a única falha numa temporada de grande nível da equipa de azul e vermelho.

 

Com um plantel recheado de novidades, Ancellotti poderá dar uma cunho pessoal a uma equipa que até agora baseava o seu jogo numa boa ligação entre séctores, onde Ménez, Nené, Pastore e Gameiro surgiam como desequilibradores em constantes trocas posicionais.

Atrás, Matuidi é nova referência do meio-campo, acompanhado ora por Bodmer, ora por Chamtoné ora mesmo por Sissoko, todos eles de características distintas mas que ajudam a compor um forte duplo-pivot.

 

Na defesa, Sakho vem crescendo mais lentamente do que esperado, mas torna-se aos poucos uma das referências da equipa liderando o sector. Na esquerda o destaque vai para Tiéné, defesa/ala esquerdo de grande competência, que devido à sua ausência ao serviço da selecção do seu país na CAN, viu o sector reforçado com Maxwell vindo do Barcelona. Mesmo com concorrência, aposto em Tiéné como favorito ao lugar para o restante da temporada.

 

Na frente, Ménez é extremo puro, vertical, bom remate e muito rápido. Gameiro é ponta-de-lança de grande mobilidade e muito oportuno, mas as estrelas da equipa são Javier Pastore e o brasileiro Nené. O argentino vindo do Palermo no Verão vai provando ter sido a aposta certa. Com um estilo muito próprio, é um dos médios de maior classe do futebol europeu por esta altura, jogador elegante, sempre um passo à frente na leitura do jogo, que apesar de não ser muito rápido aproveita a sua agilidade e passada larga para dar ritmo muito próprio ao jogo. Se há jogadores que exigem que a equipa siga a sua aura futebolistica, este é seguramente um deles.

 

Quanto a Nené vem provando ser um daqueles jogadores que apesar de nunca ter chegado à sua selecção, consegue uma carreira de enorme qualidade. Explodiu tarde no Mónaco e talvez por isso não seja neste momento uma das referências canarinhas. Com um pé esquerdo encantado, é o maior dos desequilibradores da equipa e faz golos de grande efeito.

 

Veremos até onde os milhões do PSG vão levar esta equipa, mas a verdade é que a este ritmo poderá estar a começar uma nova hegemonia no futebol gaulês. Já na Europa a conversa é outra.

 

By Tiago Luís Santos

 



publicado por Minuto Zero às 17:53
link do post | comentar

pesquisar neste blog
 
Equipa Minuto Zero'
Links
Também Tu Podes Participar!

Participa na Equipa Minuto Zero'

subscrever feeds
Arquivo

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010