Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2012
3x4x3: Como pode o Porto crescer na segunda volta?

 

Com o Benfica a isolado na liderança da liga portuguesa os problemas e dúvidas de Vítor Pereira vão crescendo na mesma medida que a natural contestação. O Porto 11/12, está longe de mostrar a competência demonstrada na época transacta, onde por esta altura se destacava como natural favorito a um título que mais tarde conquistaria.

 

No mesmo sistema (4x3x3), embora com dinâmicas um pouco alteradas, Vitor Pereira começou a temporada mostrando que este poderia ser um Porto diferente, com o seu cunho pessoal, mas mesmo assim manter o nível da temporada anterior. Começou por mexer na posição 6, primeiro com Souza, depois com Moutinho e finalmente com Fernando estabilizando a equipa.

 

Mas a verdade, é que a ideia de um "6" um pouco diferente, mais pivot e menos trinco, relegou muitas das vezes Fernado para outras posições (lateral-direito) ou para o banco, deconstruindo o meio terreno dos dragões.

 

Uma aproximação de João Moutinho a Fernando, quase como um duplo-pivot dinâmico, onde Moutinho será sempre mais 8 (box-to-box) do que 6 (pivot-defensivo ou trinco), fazem o Porto crecer em termos de equilibrios dinâmicos, e demonstra que Vitor Pereira poderá nesta segunda fase da época recolocar Bellushi como opção válida para o posto mais adiantado do 3 do meio-campo. Quanto a Defour, não tem a mesma agressividade ofensiva, mas já deixou clara a ideia de que poderá ser um companheiro de alto nível para Moutinho, tudo dependerá da forma como se imposer na disputa por um lugar. Guarin, posso de força para dar "musculo" ao meio-campo, deverá sair ou ter poucas oportunidades. Bellushi parece ser assim a opção mais natural, mas Defour poderá crescer dando à equipa um toque de organização extra.

Ainda no meio-campo, veremos como Danilo, contratado como lateral-direito, não poderá acabar como um dos interiores, posição que desenpenhou várias vezes no Santos. Poderá ser uma opção a ver.

 

Orfão de Falcao, o ataque passará em principio (se não chegar ninguém), por James e Hulk como indiscutiveis, rodando Kléber, Cristian R. e Djalma (quando regressar), como principais opções. Varela é uma incognita, enquanto que Iturbe vai fazendo pela vida, provando o seu enorme potencial nos momentos em que entra, mas não acredito que se imponha para já.

A posição 9, deverá em muitos jogos continuar a ser desempenhado por Hulk, embora é claro com uma dinâmica muito mais rotativa. James continuará a ser uma das fíguras da temporada, enquanto que Djalma já demonstrou sem dúvida ser um jogador de enorme competência.

 

Chegando um ponta-de-lança, terá sobretudo de ser um jogador com boa capacidade para recuar e jogar em tabelas curtas, mas que seja também competente na hora de finalizar. Serão-lhe pedidos golos, mas mais do que isso será importante que se lhe peça que entre bem na forma de jogar da equipa. De Éder, jogador da Académica, penso que tem um perfil interessante, seria uma aposta a ter em conta, embora continue a achar que Kléber não deva ser excluído das contas. O jogador da Académica encaixa melhor no perfil desejado, mas poderá ter algumas dificuldades em se impor.

 

By Tiago Luís Santos

 



publicado por Minuto Zero às 20:16
link do post | comentar

1 a zero:
De João Perfeito a 23 de Janeiro de 2012 às 22:37
Na verdade a posição 9 é vital para o Porto. Mesmo o ano passado, jogando um futebol de altíssima voltagem era fácil perceber a dependência da equipa de Falcão, como finalizador de área. No fundo todo o futebol do Porto passava para ser finalizaod pelo magnífico tridente Varela-Falcão-Hulk (de maneiras diferentes como é óbvio. Os golos de Moutinho, Fernando e Belluschi rareavam e Guarin respondia com meia distância. Ora, como Guarín tem jogado pouco a equipa no início do campeonato perdeu mais um dos poucos jogadores capazes de fazer golos. Por outro Falcão era essencial na rotação e verticalidade que dava ao jogo. Kléber é mais um brigão e Walter só joga na área. O Porto raramente integra os médios nas finalizações e sem Guarín e Hulk é fraco na média distância. As arrancadas de Hulk e os centros de Pereira (o Futebol Clube do Porto joga sempre da mesma maneira). Sabendo da qualidade de jogo interior de James e da sua pouca utilização no início de época, mais uma vez percebemos que o Porto estava a desperdiçar outra boa solução de finalização. Ao Porto cabe fundamentalmente ter um avançado de top, que na Liga Portuguesa não há fora do leque dos grandes. Tem de investir fortemente num goleador.
A pouca competitividade do campeonato faz com que seja previsível que o Benfica (tirando o jogo com o Porto) apenas não ganhe em Alvalade. O Benfica depois da derrota em Guimarães soma actualmente 25 vitórias em 26 jogos (tirando os jogos com grandes (incluo Braga no lote)). Por isso acho difícil o Benfica perder pontos com os pequenos. No caso do Porto empatar na Luz, pode ganhar os jogos todos que se calhar não vai ser campeão. Visto que o Benfica empatando (3-3 é quase impossível) com o Porto basta não perder em Alvalade e ganhar o resto (parece fácil) para ser campeão. Um empate em Portugal equivale a 5 ou 6 pontos noutro campeonato. Pouca competitividade ou Porto e Benfica doutra galáxia? Uma problemática interessante.


De NegóciosdoFutebol a 24 de Janeiro de 2012 às 00:13
Boa noite MinutoZero,

Não deixou o seu contacto no comentário que inseriu num artigo do Negócios do Futebol, pelo que venho ao MinutoZero pedir que me contacte através do e-mail que deixo na identificação deste comentário.

Alguns aspectos precisam ainda de se esclarecer e é com essa finalidade que pretendo entrar em contacto consigo.

Cumprimentos


Comentar post

pesquisar neste blog
 
Equipa Minuto Zero'
Links
Também Tu Podes Participar!

Participa na Equipa Minuto Zero'

subscrever feeds
Arquivo

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010